Skip to content

Maneiras inteligentes de usar a restituição do Imposto de Renda

De acordo com relatórios recentes da Receita Federal, a restituição do Imposto de Renda que o contribuinte médio recebe é de cerca de R$ 2.800. É um dinheiro bem vindo, principalmente quando as finanças estão apertadas, quando te contas pendentes, um adicional de R$ 2.800 pode ser aquele fôlego financeiro que você estava precisando.

Quem tem direito a restituição do imposto de renda ?

Tem direito a receber a restituição o cidadão que pagou “Imposto de Renda” a mais durante o ano anterior declarado (o imposto de renda é descontado diretamente da folha de pagamento de trabalhadores assalariados, por exemplo). Na hora de declarar, o programa do IRPF faz as contas. Quem tem muitas deduções a fazer, como dependentes menores e despesas médicas, por exemplo, ganha descontos no imposto. No final das contas, o declarante pode ter algum dinheiro a receber.

A Receita Federal faz anualmente sete lotes de restituição entre junho a dezembro. Se você tiver direito, fique atento ao reembolso e consulte quando a liberação dos lotes serão realizados. No entanto, antes de se sentar e imaginar todas as coisas boas que você poderá fazer com essa renda extra, considere seguir nossa lista de dicas abaixo com algumas das maneiras mais inteligentes de usar a restituição do Imposto de Renda.

Pagar contas e despesas pendentes

Ter contas atrasadas ou inadimplentes é uma das piores coisas para o seu crédito. Se livre dessa rotina de estar com o nome negativado e ganhe mais espaço para respirar tendo crédito para fazer o que quiser, peque a sua restituição do Imposto de Renda para limpar seu nome da lista do Serasa e SPC.
Maneiras inteligentes de usar a restituição do Imposto de Renda

Economize para pequenas emergências

Você sabia que ter um fundo de emergência consiste em ter dinheiro guardado para pelo menos 3 a 6 meses de reserva para despesas cotidianas? Com o dinheiro da restituição do Imposto de Renda construa uma rede de segurança financeira para você e sua família.

Você não terá que se preocupar com dinheiro por um tempo se perder o emprego ou a fonte de renda, não terá que se preocupar em perder a casa ou o carro enquanto procura um novo trabalho.

Pagar a dívida mais cara e com juros altos

O cidadão brasileiro carrega dívidas médias em torno de R$ 5.000, não incluindo empréstimos para estudantes, empréstimos para compra de automóveis ou da hipoteca do imóvel. Colocar no bolso uma restituição no valor de R$ 2.800 para pagar dívidas com juros mais altos como as do cartão de crédito ou do empréstimo pessoal pego na Crefisa poderá salvar uma boa quantia em dinheiro.

Invista em você mesmo

Além de economizar para emergências ou pagar dívidas ou cumprir suas metas financeiras, muitas vezes significa gerar uma renda adicional. Uma maneira inteligente de usar a restituição do Imposto de Renda é fazer investimentos em você mesmo.

Você pode pagar aulas para aprender uma nova habilidade ou se certificar em algum ofício, pode ainda financiar seu sonho de aprender inglês em outro país ou até mesmo participar de uma conferência ou curso profissionalizante para ajudar a maximizar seu potencial de ganhos.

Contribuir para uma previdência privada

Não são muitas pessoas que possuem contas de aposentadoria privadas individuais, elas permitem que você ganhe juros compostos sobre o dinheiro que você economiza para sua futura aposentadoria. Esse tipo de aposentadoria em geral rendem livres de impostos após 10 anos de aplicação, e uma contribuição única de R$ 2.800 pode crescer para mais de R$ 10.000 em 20 anos.

Se você fizer isso com todas as restituições anuais por esse período que mencionamos, imagine o quanto você economizará para a aposentadoria, certamente garantirá um tempo mais tranquilo e confortável.

Use para pagar dívida e para conquistas

Se você não consegue se enxergar usando toda a sua restituição do Imposto de Renda de maneira responsável, tente usar 50% para pagar dívidas, 25% para emergências ou poupança e faça o que quiser com os 25% restantes. Dessa forma, você ainda pode agradar seu ego consumidor, ao mesmo tempo que cumpre com suas obrigações financeiras com responsabilidade.

Fazer um monte de compras com a sua restituição do Imposto de Renda com certeza vai levá-lo a lugar nenhum muito rápido! E quando o dinheiro acabar, você se perguntará como gastou todo o dinheiro.

Com estas formas inteligentes de usar sua restituição do Imposto de Renda você terá certeza de ficar em paz com seu espírito quando pensar no seu futuro financeiro.

Maneiras inteligentes de usar a restituição do Imposto de Renda
Média 4.620 votos