Conecte-se conosco

5 maneiras mais fáceis de se afundar na dívida – como evitá-las

5 maneiras mais fáceis de se afundar na dívida – como evitá-las

Quer se afundar na dívida? Em tempos de crise é claro que o número de endividados tem um tendência de crescimento muito maior do que em épocas de prosperidade e fartura. Contudo, não é apenas nesses momentos que as pessoas se tornam inadimplentes e contraem dívidas desnecessárias.

No Brasil o endividamento das famílias está em pela ascensão, e vamos olhar esse problema de uma forma diferente para entendermos quais são as principais causas. O interessante é que nesse universo de pessoas, trabalhadores e cidadãos que ganham dinheiro das mais variadas formas, muitos estão com suas vidas financeiras completamente saudáveis.

Então, a pergunta é: “como os brasileiros estão se afundando na dívida e como evitar que isso aconteça?” Abaixo estão algumas dessas formas:

Uso indevido do cartão de crédito

Esta é provavelmente a causa mais comum dos consumidores que possuem crédito se afundar na dívida. Em vez de usar o cartão de crédito como um método alternativo de acessar e adiantar dinheiro que não tem no momento, muitos usam simplesmente para expandir a capacidade de crédito, aumentar a renda e fazer gasto. Em suma, isso significa que estão gastando mais do que consegue ganhar.5 maneiras mais fáceis de se afundar na dívida - como evitá-las
Como evitar isso? É fácil! Apenas gaste o que pode pagar com segurança. Se você estiver usando seu cartão de crédito, garanta que cada centavo gasto já tenha com ser paga ou esteja em sua conta bancária.

Pendência de pagamentos

Pagamentos pendentes ou atrasados significam que haverá cobrança de taxas e multas por atraso, e ainda podem até levar a corte do serviços de consumo como, água, energia elétrica, telefone, gás etc., e também ter a dívida enviada para os órgão de proteção ao crédito como a SPC e Serasa. Com o passar dos tempos, os juros se acumularão e tornaram uma dívida gigantesca e, antes que você perceba, você terá mais dívidas do que consegue pagar.

Como evitar isso? Pode parecer estúpido dizer isso, mas, faça os seus pagamentos em dia! Programe os pagamentos, essa é uma das maneiras mais fáceis de evitar o esquecimento, coloque alertas no seu smartphone para lembrar quais pagamentos devem ser efetuados para que você possa relaxar, sabendo que nunca mais fará um pagamento atrasado.

Não estar preparado para o inesperado

Se você perdeu seu emprego, seu carro precisou de manutenção preventiva ou reparos por causa de um acidente, qualquer dessas ou outras emergências que demande dinheiro imediato, pode deixar suas finanças descontroladas e você dando piruetas.

Como evitar isso? Economize um fundo de emergência (dinheiro reserva). Guarde dinheiro suficiente para três a seis meses, esse simples atos salvará de problemas bem sérios como ficar no escuro, sem água ou o mais grave, ser despejado do seu imóvel.

Viver fora dos nossos meios ajuda afundar na dívida

Se você está gastando mais dinheiro do que você pode ganhar, esta claro que você está vivendo além de seus meios e limites de renda. Quem costuma viver de crédito certamente terá muitos problemas que irão tornar a vida muito mais perigosa.

Fazer pagamentos das faturas do cartão de crédito no rotativo, realizar pagamentos insuficientes no cheque especial, consumir tudo que aparece pela frente, com certeza vai fazer as contas se acumularem até que você não consiga mais enxergar a luz no fim do túnel ou seja, vai se afundar na dívida.

Como evitamos isso? Mais uma vez, a resposta é óbvia. Se você não tiver dinheiro em sua conta bancária ou dinheiro futuro livre para isso, não gaste no crédito! É muito fácil adquirir o hábito de gastar dinheiro do banco ou outras instituições financeiras (dinheiro emprestado), mas isso pode causar sérios problemas, faça um orçamento que ajude você na definição dos limites que pode ou não gastar.

Pouca autodisciplina com uso do dinheiro e crédito

Se a sua resposta para impulsionar a pontuação de crédito ou ter um bom Score é ter um saldo devedor crescente no cartão de crédito e depois obter outro cartão de crédito para aumentar se crédito, não tenha dúvidas que você encontrará no fim desse caminho muita angustia e sofrimento – você ficará profundamente endividado em pouco tempo.

O uso correto de produtos de crédito requer autocontrole e disciplina financeira para que tudo de certo e faça o crédito trabalhar a seu favor e não contra você.

Como evitar isso? Se a sua solução para um cartão a beira de estourar o limite é obter outro cartão de crédito, como dito, o abismo financeiro está bem próximo.

O ideal é não seguir a tendência do consumismo, evite esse pensamento coletivo comum que causa e atrai dívida. Um futuro financeiro brilhante começa quando você se torna proativo, e você pode começar sua escalada agora mesmo!

Quais são algumas outras maneiras pelas quais as pessoas se endividam? Deixe-nos saber nos comentários!

5 maneiras mais fáceis de se afundar na dívida – como evitá-las
Média 527 votos

Clique para comentar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais em Acesso ao Crédito

Cartão de crédito sem consulta restrição ou nome sujo
empréstimo até 90 mil
crefisa empréstimo para negativado
Subir