Renegociação de dívidas para não ir para Serasa e Spc

renegociação de dívidas, um direito de todo cidadão brasileiro a preservação da sua credibilidade para não ir para Serasa Experian e SPC

Renegociação de dívidas para sair do Serasa e Spc tem sido a melhor alternativa dos devedores para ficar com nome limpo e poder ter crédito novamente na praça. Para fazer uma “renegociação de dívidas” satisfatória, nunca fuja do credor. Vale informar que o credor sempre esta disposto em acertar suas pendências financeiras o mais rapidamente possível, em geral ligar após o vencimento da dívida, entre 10 e 30 dias faz parte da rotina de cobrança, dependendo da empresa.
Renegociação de dívidas

O credor sempre irá questionar qual o motivo do atraso, vai ouvir suas alegações o porque do não pagamento do compromisso financeiro e provavelmente vai utilizar argumentos para tentar convencer o cliente de quitar o débito o mais rápido. Caso o cliente inadimplente não puder pagar a dívida de uma só vez, certamente o credor vai prover uma nova data para pagamento ou tentar uma renegociação de dívidas ou reparcelamento da dívida, o mais interessante é que nessa renegociação o credor poderá isentar o cliente de juros e multas pelo atraso.

Inscrição no Serasa, Spc e CCF

As pessoas já devem estar cansadas de saber o que são os órgãos de proteção ao crédito, de qualquer forma, elas são entidades privadas que recebem informações de cadastros de clientes inadimplentes com empresas e instituições associadas que pedem a inserção em seus bancos de dados como devedores.

Vale lembrar, que a inscrição do devedor “como inadimplência aos órgãos de proteção ao crédito” esta sendo utilizada por instituições financeiros, empresas públicas e privadas e, agora por órgãos governamentais como forma de pressionar os consumidores no cumprimento do seus deveres financeiros, deixados de ser honrados. A inscrição no Serasa ou Spc, é uma medida tomada somente no caso em que as ações de cobranças e investidas para receber os débitos não tenham surtido nenhum efeito.

Notificação extrajudicial

Para  comunicar e formalizar que o devedor está inadimplente, determinar o prazo que o mesmo deve regularizar seus débitos, uma notificação extrajudicial é enviada pelo credor através de advogado ou oficial de cartório, caso não seja cumprido o prazo, a pena será o encaminhamento para cobrança judicial, nesse tipo de cobrança, além do acréscimo de todos os encargos pertinentes, ainda terá os custos com honorários advocatícios.

Protesto de dívidas

Quanto ao protesto público de compromisso realizados com crédito de duplicatas, cheques ou notas promissórias, instrumentos estes que comprovam que o consumidor assumiu compromisso com o credor, o processo é feito em cartório específico para essa finalidade. No caso dos protestos de dívidas, o simples apontamento oficial para protesto, a maioria dos inadimplentes comparecem aos cartórios designados e realizam a quitação dos débitos vencidos, desta forma evita-se mais transtornos com ações judiciais e custas processuais. Essa medida pode ser tomada tanto por pessoas físicas quanto por jurídicas.

Vale lembrar que é um direito de todo cidadão brasileiro a preservação da sua credibilidade. Se você esta com dívidas ou débitos em atraso, procure o seu credor para fazer um “renegociação de dívidas” para não ir para Serasa Experian e SPC, ser protestado ou processado judicialmente.

3 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !