Quando o Crédito Pessoal é difícil e o Empréstimo é Fácil?

Crédito pessoal fácil e empréstimo dificil! com tanta facilidade de conseguir dinheiro emprestado o consumidor de crédito fica até meio confuso

Quer dinheiro emprestado? Esta precisa de Dinheiro? Quanto você pretende pagar para conseguir um crédito pessoal? O que é um empréstimo pessoal difícil? Já reparou que todo mundo esta em busca dinheiro, uns querem grana fácil, outros trabalham para ganhar dinheiro honesto, alguns ganham dinheiro jogando, a maioria tem que levantar cedo para colocar o dinheiro no bolso, são inúmeras visão do que é ganhar dinheiro, mas uma coisa é certa, qualquer cidadão no mundo precisa de recursos financeiros.

Para o solicitante o empréstimo pessoal fácil é justamente aquele que não oferece ao solicitante nenhum tipo de avaliação ou consulta ao SPC e SERASA, quando na verdade esse é o empréstimo difícil de conseguir, principalmente para o credor, que nem se dá ao trabalho de oferecê-lo dado ao risco de crédito muito alto.

O crédito pessoal é possível encontrar em cada esquina da cidade, centenas de empresas oferecem a modalidade pela Internet, os bancos transformaram a Internet no maior corretor de empréstimo do mundo, e esse canal de comunicação oferece o limite de crédito pré-aprovado, o cheque especial, empréstimo pessoal com limite, o financiamento parcelado, capital de giro para empresas, tudo é fácil de obter. Será!

Crédito Pessoal

Com tanta facilidade o consumidor de crédito que no futuro se tornará um mutuário, ao invés de olhar como atrativo no momento de solicitar o empréstimo às taxas de juros e condições, prefere entender que empréstimo fácil é aquele que chega nas mãos dele sem dificuldade, ou seja, chega na conta corrente mais rápido. Neste caso a maioria das pessoas preferem dizer que além do empréstimo ser fácil, é rápido também e tá tudo certo. Outro caso de empréstimo considerado fácil são as operações com plano de pagamento em logo prazo e quando as parcelas são menores, também é considerado como “empréstimo barato e fácil de pagar”.

O mutuário só não vai poder dizer que o credor o ajudou a pagar o empréstimo, mas se as taxas de juros são baixas, pode até dizer que o “empréstimo é acessível”. Não quero ir até a agência, o que faço? Simples! Vou fazer um empréstimo via Internet, nesse caso, o “empréstimo é comodo” e por aí vai.

O empréstimo ou crédito pessoal é difícil em que situação? Quando a operação oferece taxas de juros altíssimas, quando a burocracia é demasiada, quando o mutuário não tem poder de barganha e principalmente quando não conseguir pagá-lo por causa de dificuldades financeiras por falta de dinheiro, e quando o nome fica restrição por causa deste tipo de transação.

Nas propagandas de “empréstimo fácil e rápido”, só se esquecem de acrescentar “empréstimo fácil, rápido e CARO!

Conclusão: Este artigo é apenas uma analogia, uma brincadeira para entender que a maior parte dos contratantes de empréstimos tem uma visão errônea do que é crédito fácil, em geral o que importa é o valor das parcelas e quando o dinheiro vai ser depositado na conta, o restante é esquecido. Entendemos que não existe crédito ou empréstimo fácil ou difícil, o melhor mesmo é não precisar pegar dinheiro à juros e manter as finanças equilibradas.

1 resposta - Faça um comentário

Comente aqui !