Informações Úteis

Leasing, empréstimo e financiamento – Qual a diferença?

Entenda a diferença entre empréstimo pessoal, leasing e financiamentos e quais são as vantagens e desvantagens, taxas de juros e onde conseguir.

Qual a diferença? Todos nós já ouvimos em algum lugar termos como, vou fazer um “financiamento”, “empréstimo” e mais raro, vou fazer um “leasing ou arrendamento mercantil”, o último com certeza não faz parte dos nossos costumes financeiros, diferente do que acontece nos EUA. Essas são apenas três das modalidades disponíveis no Brasil para quem deseja crédito, inclusive, esses são os tipos mais populares e de fácil acesso.

Contudo, a maioria da pessoas por desconhecimento, não sei, acabam por confundir o que realmente é cada uma dessas modalidades de crédito à pessoa física amplamente acessível em bancos e financeiras do país. Na verdade, essas três modalidades de crédito são praticamente diferentes entre si, e cada uma tem um objetivo especifico no ambiente financeiro. Abaixo listamos algumas das diferenças entre empréstimo pessoal (crédito não consignado), financiamento e leasing (arrendamento mercantil).

Empréstimo pessoal

O empréstimo é  modalidade de crédito mais conhecida em qualquer parte do mundo onde o dinheiro é negociado com juros. É também uma das formas mais fáceis, rápidas e flexíveis que 99% das instituições financeiras operam para conceder grana aos seus clientes.

No empréstimo pessoal, o tomador, solicitante, contratante ou mutuário tem a liberdade de fazer com o dinheiro liberado exatamente aquilo que ele quiser, não precisa dar conta ao banco ou financeira dos seus gastos — ou seja, com raras exceções o empréstimo determina o que deve ser feito com o dinheiro, ex: empréstimo para reforma da Caixa. Um outro fator que colabora para que o empréstimo pessoal seja o querido de todos, é facilidade na obtenção.
Leasing, empréstimo e financiamento - Qual a diferença?

Hoje tendo uma conexão com a internet, uma pessoa que tenha crédito bom ou nome negativado consegue nos muitos sites e empresas de empréstimo online o valor que precisa para resolver seus problemas. O acesso ao “crédito não consignado” é bastante rápido, simples e desburocratizado. No caso do empréstimo com restrição no nome, o solicitante esta livre das burocracias e, é sem consultas ao Serasa e SPC.

No entanto, quanto vemos essas facilidades e flexibilidades, é bom desconfiar. Os bancos e financeiras concedem operações creditícias baseado em garantias e riscos, na modalidade com garantia, as taxas são baixas, a partir de 1.05%, no consignado a partir de 0,98%, mas no empréstimo para negativado, os empréstimo podem ter taxa de juros de mais de 15% ao mês.

Então podemos entender que, quanto o cliente não tem opção a não ser o empréstimo pessoal, as taxas são muito mais caras que outros tipos de crédito que os termos exigem garantias, mesmo que seja a folha de pagamento (consignado).

No empréstimo pessoal os riscos para os bancos são mais altos em cada operação, se não haver consulta e análise de crédito mais caro ainda. Portanto, escolha bem qual o tipo de empréstimo que vai fazer da próxima vez que procurar por dinheiro emprestado.

Financiamento de bens

Os financiamentos com garantia e refinanciamentos são linhas de crédito muito utilizadas nos setores de venda de imóveis e carros, além de muitos outros seguimentos. O financiamento é a forma mais pratica e facilitada de um cidadão conseguir dinheiro para a aquisição de sua casa ou apartamento próprio, e comprar carros, motocicletas e etc.Qual a diferença entre leasing, empréstimo e financiamento

A diferença entre o financiamento e o empréstimo pessoal está em poucos pontos, mas importantes. Embora, a operação possa ser muito parecida no seu formato de “emprestar dinheiro a juros“, ao contratante, existem algumas peculiaridades prós e contras de cada uma das modalidades.

No financiamento o crédito (dinheiro liberado) tem uma finalidade específica. A instituição financeira concede o montante ciente para qual destino o cliente dará ao dinheiro emprestado. Por exemplo, quando você quer um carro novo e vai até uma concessionária, ao contratar um financiamento a instituição financeira repassa o valor do veículo diretamente à concessionária e você fica com o carnê de boletos para pagar mês após mês até o final.

Tipos de financiamento

No Brasil existem diversas linhas de crédito para financiamento, na listagem abaixo você vai conhecer as mais acessadas e uma delas se adapta para cada tipo de necessidade e perfil de cliente:

  • FINAME: Linha de financiamento do BNDES para máquinas, equipamentos e veículos nacionais.
  • Leasing: Tipo de financiamento para máquinas, equipamentos e veículos, em que o banco/empresa de leasing é o proprietário do bem, tendo este como garantia.
  • Antecipação de Recebíveis/Desconto de Duplicatas: Modalidade de financiamento em que o credor antecipa para o devedor valores que tenha a receber de terceiros.
  • Crowdfunding: Esta é uma nova modalidade de financiamento que tem sido utilizada para lançar produtos e serviços, em que o solicitante apresenta um projeto do seu produto para o público e este faz doações voluntárias ou aquisições do produto antecipadas para viabilizar a criação ou um evento.
  • Micro-crédito: Sistemas de financiamento para microempreendedores, a liberação do dinheiro é feita em valores menores que a deu empréstimo pessoal (normalmente de até R$ 3 a 5 mil), sem garantia real.
  • Project Financing/Financiamento à projetos: são estruturas de financiamento destinados a grandes projetos, como a criação de novas fábricas, usinas, grandes obras, etc.
  • Debêntures: são títulos de dívida emitidas por grandes empresas, comprados por investidores, que recebem uma remuneração (juros) pelo valor investido. Podem ser do tipo conversíveis, isto é, que podem ser convertidas em participação na empresa, conforme condições estabelecidas.
  • Investimento Direto: é o investimento feito em empresas em troca de um participação na sociedade; pode ser feito por pessoas físicas ou pessoas jurídicas quaisquer ou especializadas, como empresas de participações e fundos de investimento.
  • Mútuo: é um tipo de empréstimo, normalmente feito entre partes relacionadas (ex. sócios para a empresa).

Diferente da forma como os empréstimos são processados, nos financiamentos há consultas aos órgãos de proteção e a análise é rigorosa para aprovação do crédito, além disto, o bem fica alienado para servir de garantia ao credor. Porque isso? Simples! Caso o mutuário atrase mais de três meses ou deixe de pagar a dívida, o bem será tomado para que o credor possa reaver seu dinheiro.

Todo financiamento exige um pouco ou muita burocracia envolvida. O motivo é exatamente o de ter uma garantia na transação. As taxas de juros dos financiamentos costumam ser menores e os prazos de liberação depende da complexidade da operação.

Leasing ou arrendamento mercantil

O leasing ou arrendamento mercantil, pouco conhecido mas muito utilizado, trata-se de uma modalidade de concessão de crédito em que uma instituição bancária ou financeira compra um bem que o cliente deseja e, ao final do contrato de empréstimo, esse tem a opção de adquirí-lo.

Enquanto o contrato estiver vigente, o mutuário paga as parcelas todos os meses, semelhante ao que acontece no financiamento de bens, serviços e no empréstimo pessoal. No entanto, o bem ou propriedade no financiamento fica na posse do contratante, ao contrário do leasing, o proprietário do bem é a instituição financeira.

Desta forma entendemos que o pagamento das parcelas no leasing pode ser comparada a um aluguel do bem. Contudo, quanto a quitação acorre, o cliente tem a opção de transferir a propriedade ou fazer a renovação do contrato para adquirir outro bem.

Compare as taxas de juros

ModalidadeTx JurosPrazoMontante
Leasing a partir de 1,07% ao mês Até 60 Meses Até R$ 350 Mil
Financiamento a partir de 1,39% ao mês Até 120 Meses Até R$ 250 Mil
Empréstimo Pessoal a partir de 3,66 % ao mês Até 36 Meses Até 10 Mil

Os juros praticados no leasing são atraentes e semelhantes aos aplicados nos financiamentos em geral, como dissemos no início do artigo, apesar de, no Brasil essa modalidade ser quase que totalmente abandonada, é muito utilizada por muitas empresas e, na América do Norte, esse é praticamente uma modalidade padrão para compra de veículos.

Para terminarmos, como o empréstimo pessoal e financiamento, assim como o leasing, eles têm muitas diferenças entre si, especialmente no que se refere às taxas de juros aplicadas em cada operação e burocracias para concessão e aprovação.

O importante mesmo foi deixar informações relevantes para que você possa entender como que cada uma deles funciona, e se você está procurando por crédito, sugiro acessar o artigo empresas de empréstimos pessoal online ou o guia de empréstimo pessoal para saber tudo que é possível no mundo onde o dinheiro é tomado com juros.

Leasing, empréstimo e financiamento – Qual a diferença?
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário