Skip to content

Programa de microcrédito Bolsa Família para negócio próprio

Programa de microcrédito Bolsa Família – Depois de lançar o polêmico empréstimo Bolsa Família com tantas notícias verdadeiras e outras falsas, tem ainda o cartão de crédito bolsa família para primeiro semestre de 2018, e bancos que podem fazer mas que não fazem e dizem desconhecer a modalidade, agora o governo federal mais uma vez cria, talvez, mais um programa polêmico, o “Microcrédito Bolsa Família” divulgado e miticado pela mídia e grandes veículos noticiosos.

Segundo o governo, a missão do novo projeto é estimular o empreendedorismo entre os beneficiários que participam do programa. “O programa de microcrédito Bolsa Família é o mais projeto o Governo Federal aposta para mudar o e status econômico de família de baixa renda para minimizar os problemas econômicos do pais.

Como o novo programa o governo federal guiado por Temer, batizou de plano Progredir, uma tentativa de promover a autonomia com as finanças dos cidadãos que são inscritos pelo maior programa assistencial para transferir recursos financeiros do cofres do governo para gerar renda do Brasil.

Programa Bolsa Família – o que é?

O Bolsa Família é um programa criado no governo do PT que atualmente é responsável por manter mais de 13 milhões de famílias que vive em situação de vulnerabilidade socioeconômica com recursos financeiros. Cada célula família que participa recebendo em média R$ 178,44 para complementar a renda e auxiliar as famílias com dinheiro para despesas básicas com alimentação, saúde e educação e gastos do cotidiano.Programa de microcrédito Bolsa Família para negócio próprio

Microcrédito Bolsa Família – o que é?

No final do mês de Setembro, Osmar Terra atual Ministro do Desenvolvimento Social anunciou o lançamento do Plano Progredir. A iniciativa terá acesso a recursos financeiros perto de R$3 bilhões de reais como aporte para que as ações sejam colocadas em prática em todas as regiões do país.

O Plano Progredir espera que com mais essa ajuda financeira ao beneficiários do Bolsa família, seja gerado mais oportunidades para a criação de emprego além de qualificar os bolsistas para o mercado gerador de negócios.

Como funciona programa de microcrédito Bolsa Família?

O microcrédito liberado com Bolsa Família funcionará como um capital de giro para que os beneficiário do programa assistencial que planejam fazem investimento ou ter um negócio próprio possam ter a chance de conseguir.

O Plano Progredir deverá liberar recursos em dinheiro para o financiamento de micro e pequenos empreendimentos. Mas não é só para dar dinheiro, o plano tem o intuito principal de realizar diversas ações direcionadas no aprendizado, assistência técnica, consultoria e capacitações na área de empreendedorismo.

Muitos brasileiros tem o sonho de abrir seu pequeno negócio próprio e de forma regularizada, e para isso, o plano dará instruções para que se tornem Microempreendedores Individuais (MEI).

Se tudo der certo, o objetivo é aumentar  a renda dos beneficiário, eles serão empreendedores assistidos por especialistas. Com isso o governo espera que o beneficiários do Bolsa Família se desliguem do programa voluntariamente. No entanto, se o negócio for mal gerido e não der certo, “olha que legal isso”, o cidadão poderá receber o benefício Bolsa família do governo federal novamente.

Como se tornar Microempreendedor?

Todo cidadão brasileiro pode se tornar microempreendedor individual. O MEI é um pequeno empresário individual que mantém negócios de forma legal. Mas para isso, o interessado deve se enquadra em alguns dos pré-requisitos listados abaixo:

  • Ter até R$ 60.000,00 de faturamento anual
  • Possui um funcionário ou colaborador com carteira assinada, um no máximo
  • Exerce apenas atividades permitidas pela categoria de MEI.

Para formalizar um pequeno negócio como MEI, não há custos, é gratuito. Para ter acesso, o cidadão deve entrar na internet no endereço www.portaldoempreendedor.gov.br e preencher com dados pessoas o cadastro online.

Custos do microempreendedor MEI

Para manter uma empresa como microempreendedor individual existe alguns valores que devem ser pagos, a principio deve ser recolhido contribuições mensais e está incluído nisto um valor de R$46,85 de INSS e R$5,00 de ISS, no caso de prestadores de serviços. Quem trabalha com comércio ou indústria paga R$1,00 de imposto referente a atividade.

Como ter acesso ao microcrédito Bolsa Família?

Todos que estão inscrito no “Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal” pode fazer parte desta iniciativa, basta se cadastrar no site do MDS e seguir o cronograma das ações do programa Progredir.

Ao acessar o portal do MDS, clique no botão “Cadastre-se” e preencha todos os dados solicitados. A partir da inscrição todos os demais passos serão guiados pelo Plano Progredir para você participar do “Programa de microcrédito Bolsa Família”. Boa Sorte!

Programa de microcrédito Bolsa Família para negócio próprio
Média 568 votos