Acesso ao Crédito

Portabilidade Bancária: transfira salário, crédito e empréstimos

A Portabilidade serve para fomentar a competitividade entre bancos e instituições financeiras para benefício dos consumidores..

Portabilidade bancária pode ser a solução para sua situação. A insatisfação com banco, os juros cobrados e serviços prestados tem levado muitos consumidores a mudarem de instituição financeira. E acredite, além de legal, essa transferência de banco dá ao cliente a chance de encontrar taxas mais justas e atendimento mais qualificado.

O que é portabilidade bancária?

A portabilidade bancária é um recurso disponível e garantido ao consumidor desde 2006. Essa mudança de banco pode ser feita e normalmente está associada a troca de banco por conta de transferência de empréstimos ou até para conta-salário. Independentemente do caso, essa transferência de banco traz algumas vantagens importantes para a relação banco e consumidor.

Como solicitar uma portabilidade?

A transferência de banco está disponível para pessoas físicas e assalariadas. Conforme prevê a legislação, funcionário ou servidor público podem escolher o banco que achar conveniente para receber seu salário. Escolhe, recebe o salário e não paga nada a mais por isso, mesmo que não seja o mesmo banco do pagador.

Para solicitar a portabilidade é preciso ir ao banco de sua escolha levando documentos pessoais e dados da conta do outro banco. Lembre-se que você não deve ter débitos em aberto com seu outro banco, apenas empréstimos a serem devidamente quitados com parcelas a vencer e não vencidas.
Portabilidade Bancária: transfira salário e crédito para outro banco
Os bancos trocam as informações, repassa os dados para a instituição desejada e tudo isso sem quer o cliente precise auxiliar ou intervir. Vale lembrar que o banco desejado pode escolher se quer ou não o cliente. A portabilidade não está disponível para aposentados e pensionistas do INSS.

Quais as vantagens de trocar de banco ou financeira

A possibilidade de fazer a portabilidade traz uma certa competitividade no mercado. Os bancos têm buscado uma flexibilidade maior na negociação de taxas, uma qualificação no atendimento e até uma ampla abertura na linha de serviços. Tudo isso para que o cliente se sinta satisfeito e permaneça com a instituição.

Além de aquecer o mercado, a portabilidade dá ao consumidor independência para escolher bancos com juros menores, flexibilidade de negociação e, por consequência, economia no bolso do consumidor.

Como fazer a portabilidade bancária para créditos?

A portabilidade de crédito é a transferência de empréstimos ou financiamentos de um banco para outro, mediante a liquidação antecipada da operação na instituição original pela nova entidade financeira, segundo o Banco Central do Brasil.

Na prática, o novo banco que você escolheu vai refinanciar a dívida com valor mais acessível. Aliás, saiba exatamente o valor em aberto do crédito ou financiamento, pois ao transferir para o novo banco, você pagará exatamente aquele valor, sem aumentar prazo e dívida.

Vale lembrar que antes de fazer a mudança é preciso conhecer o CET (Custo Efetivo Total), que são os encargos e despesas que estão envolvidos na transferência de banco.

Portabilidade Bancária

De acordo com as instruções do BC, a instituição financeira tem obrigação de compartilhar informações relativas às operações de créditos, como:

  • Número do contrato;
  • Saldo devedor atualizado;
  • Demonstrativo da evolução do saldo devedor;
  • Modalidade;
  • Taxa de juros anual, nominal e efetiva;
  • Prazo total e remanescente;
  • Sistema de pagamento;
  • Valor de cada prestação (especificando o valor do principal e dos encargo) e
  • Data do último vencimento da operação.

O que é necessário para a portabilidade?

Os documentos importantes para você levar ao novo banco são:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de Residência
  • Dados do banco antigo

Essas informações podem mudar de banco para banco, portanto consulte mais informações na instituição que escolheu.

Na transferência de banco para recebimento de salário é preciso que o cliente faça a solicitação por escrito, essa que pode ser feita via internet banking ou direto na agência.

O documento precisa conter dados da nova conta onde o salário deve ser depositado. O banco tem até 5 dias úteis para realizar a alteração após a comunicação.

Se a transferência por de crédito, solicite no banco antigo informações como número de contrato, saldo devedor e número de parcelas restantes. Esse extrato deve entregue no novo banco que receberá você como cliente.

Vale reforçar que o banco antigo pode fazer uma contraproposta e oferecer mais algumas vantagens ou até diminuição de algumas taxas. Pense bem se a proposta for boa!

A portabilidade bancária é a transferência de informações e documentos de um cliente e isso é feito entre os bancos, sem intermediação direta do próprio cliente. Caso os prazos ou a mudança não sejam cumpridos, procure o Procon. Lá, você terá a orientação como proceder e eles intercederam para resolver a transferência.

Portabilidade Bancária: transfira salário, crédito e empréstimos
Média 4.619 votos

Escreva um comentário