Informações Úteis

Mais uma Empresa de Análise de Crédito deve ser Criada

A criação da gestora de análise de crédito deve permitir que o setor bancário e demais instituições de crédito aprimorem suas capacidades para analisar operações financeiras.

Bancos se unem para criar mais uma empresa de análise de crédito. Essa foi a informação divulgada recentemente pela Febraban. No Brasil já estamos acostumados como as inúmeras empresas que avaliam e dizem se podemos ou não pegar crédito, empréstimos, ter cartão de crédito, fazer financiamentos e toda esta questão que envolve a liberação de dinheiro emprestado a prazo em instituições financeiras.

Temos nas terras tupiniquins, o Serasa Experian , o SCPC, SPC, Equifax e muitas outras sabidas e não sabidas. Sem falar das famosas e ocultas listas negras que supostamente muitos dizem que existem para diversas finalidades, mas ninguém consegue provar que são reais.

O que é Análise de Crédito?

A análise de crédito segundo wikipedia é “o momento no qual o agente cedente irá avaliar o potencial de retorno do tomador do crédito, bem como, os riscos inerentes à concessão. Tal procedimento é realizado, também, com o objetivo de ser possível identificar os clientes que futuramente poderão não honrar com suas obrigações, acarretando uma situação de risco de caixa à organização.

Nos últimos anos a Serasa Experian se manteve líder legitima como fornecedora de informações da grande maioria, senão de todos os bancos brasileiros e instituições de crédito neste país. A notícia informada diz que o Banco do Brasil, Bradesco, a Caixa Econômica Federal, o Itaú Unibanco e Santander formarão um grupo para criarem uma empresa de análise para gerir “inteligência de crédito”.
analise de crédito em bancos
A criação desta gestora deve permitir que setor bancário e demais instituições de crédito aprimorem suas capacidades para analisar, avaliar e gerir suas carteiras de crédito, empréstimos e financiamentos. A análise da capacidade creditícia envolve cadastros tanto de pessoas físicas quanto de jurídicas.

A ideia é fresquinha, portanto, um projeto ambicioso e sofisticado como esse não sai de um dia para noite, o “grupo de bancos” estima que serão necessários para a conclusão da nova empresa de análise de crédito, pelo menos quatro anos para fazer toda estruturação tecnológica necessária e incluir os dados (cadastros) que viabilizem a operação entrar em funcionamento.

Atualmente vimos ser criado o Cadastro Positivo que parece não ter dado muito certo, nele o cidadão consumidor informava certos dados para dar validade ao cadastro. Segundo a Febraban, a nova gestora de analise de crédito precisará da autorização prévia dos clientes, desta forma as instituições financeiras repassarão os dados cadastrais e de crédito de pessoas físicas e jurídicas à gestora de inteligência.

Essa será sem dúvida mais uma forma de conseguir criar perfis de clientes específicos e selecionados juntando-se as outras dezenas de formas já existentes. A impressão é que essa empresa será uma concorrente direta para a Serasa Experian e o SPC Brasil, visto que não é só um simples cadastro de adimplentes e inadimplentes – esses tipos de empresas são geradoras de milhões de reais em lucros anuais.

O mais interessante é aquela famosa ladainha de sempre, a Febraban acrescentou que a nova empresa de análise de crédito poderá consequente aperfeiçoar a análise e gestão do crédito e com isso diminuir o “spread” (diferença entre a taxa de captação de recursos pelos bancos e a cobrada dos clientes), da inadimplência e do superendividamento de clientes.

Ora, quem não sabe que essa diferença quase nunca é repassada para os clientes comuns. Vamos esperar os quatro anos.

Mais uma Empresa de Análise de Crédito deve ser Criada
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Comentários fechados