Acesso ao Crédito

4 maneiras de manter o fluxo de caixa positivo

Descubra como quatro dicas fáceis de seguir ajudaram uma empresa manter o fluxo de caixa positivo com capital giro extra o ano todo

Mantendo o fluxo de caixa positivo !? Para a maioria dos proprietários de pequenas empresas, o gerenciamento dos problemas de fluxo de caixa é uma das partes importantes para manter suas empresas sempre avançando e ganhando espaço em seus segmentos. Embora para cada tipo de empresa os quesitos sejam diferentes, grande parte dos negócios que trabalham com produtos e serviços sofrem com o mesmo problema, há temporadas de muitas vendas e períodos um pouco mais lentos.

O que é Fluxo de caixa positivo e negativo ?

Definição: É o montante de dinheiro ou equivalente em dinheiro que uma empresa recebe ou entrega pelo pagamento aos credores é conhecido como fluxo de caixa. A análise do fluxo de caixa é freqüentemente usada para analisar qual a liquidez da empresa. Ele dá um instantâneo da quantidade de dinheiro entrando no negócio, de onde, e o montante está fluindo.

Descrição: O fluxo de caixa podem ser positivos ou negativos. É calculado subtraindo o saldo de caixa no início de um período que também é conhecido como saldo inicial, forma-se o saldo de caixa no final do período (pode ser um mês, trimestre ou ano) ou saldo final.

Se você opera um negócio baseado no turismo por exemplo, fabricando peças especializadas para um determinado período do ano como o inverno, verão ou algum tipo de negócio sazonal, esse conselho pode ajudá-lo a gerenciar seu fluxo de caixa positivo ao longo de todo o ano.

1. O conhecimento claro leva a um melhor planejamento

Não há dúvida de que você sabe quando seu negócio atinge seus picos e quedas de receitas, você está bem. A pergunta é: “Você sabe exatamente por quanto tempo duram os períodos de altas e de baixas? Você sabe quais os fatores internos e externos que podem afetar a duração de cada temporada no próximo ano?”
maneiras de manter o fluxo de caixa positivo
O planejamento orientado por detalhes e uma analise nos registros anteriores podem ajudá-lo a determinar exatamente quanto tempo dura cada período de pico ou de quedas nas vendas, bem como qualquer período de atividade mediano entre os dois extremos.

Essa é uma abordagem vital para estimar com precisão quais as receitas e despesas nos momentos mais movimentados e momentos mais calmos, o que, por sua vez, leva a um melhor gerenciamento do capital de giro e do fluxo de caixa.

2. Planeje objetivos a longa prazo

É fácil gastar mais dinheiro e recursos financeiros quando a receita está alta e às vezes é necessário abordar problemas verdadeiramente críticos que, de outra forma, poderiam ter um grande impacto no futuro da sua empresa. Há muitos casos em que você pode distribuir gastos e orçamento para assumir projetos e investimentos ao longo do ano para manter um fluxo de caixa mais regular e saudável.

Esta abordagem permite que você planeje e adote ações com novos projetos em momentos que eles podem ser menos dispendiosos ou mais facilmente concluídos, bem como manter uma reserva de fundos de emergência disponíveis para resolver problemas esperados e inesperados.

3. Encontre despesas que podem ser cortadas

Há certas necessidades que pequenas e médias empresas devem ser abordadas durante todo o ano, mesmo quando estão passando por seu período de poucas vendas. De produtos estocados a material de escritório. Você pode e deve identificar áreas onde você pode reduzir custos e despesas nos momentos em que certos serviços simplesmente não são necessários.

O ideal é criar uma divisão do orçamento entre o que é necessário e o que é preciso ter. Empresas sazonais podem fazer duas dessas listas: uma para as operações de pico e outra para os tempos de quedas nas receitas.

Quanto ao pessoal, essa é uma consideração óbvia, já que muitas empresas sazonais reduzem horários, de qualquer forma a responsabilidades de folha de pagamento deve ser revista e ajustada quando a demanda cai.

É muito claro que cada negócio é diferente entre si, então espere manter suas obrigações financeiras em dia durante a baixa temporada de vendas e determine onde você pode fazer alguns cortes de custos temporários. Quando chega a hora de começar a gastar nessas necessidades novamente, você terá um fluxo de caixa mais estável para se apoiar.

4. Empréstimo para tempos de crise para pequenas empresas

Às vezes, apesar de todos os melhores esforços dos proprietários de pequenas e médias empresas, vão surgir problemas de fluxo de caixa. Isso é especialmente verdadeiro para empresas com períodos sazonais nos seus negócios. Isso não é nada desencorajador, especialmente se você sabe  tomar medidas para planejar com antecedência e evitar futuras preocupações.

Tanto uma despesa inesperada quanto uma oportunidade inegável de crescimento podem surgir a qualquer momento durante o ano, por isso é sempre aconselhável aplicar os seus melhores esforços todos os meses, bons ou ruins.

Em qualquer das fazes que abordamos nesse artigo, sempre considere como sua empresa pode abordar oportunidades ou problemas com recursos fazendo um empréstimo para pequenas empresas ou financiamento comercial para preenche as lacunas deixadas pela falta de fluxo de caixa positivo em um período sazonal.

Aqui no Portal você encontra dicas e informações sobre todos os tipos de empréstimos para negócios efetivos e atraentes, com processos de solicitação simples e prazos flexíveis, além empresas com decisões rápidas.

Procure saber como você pode usar um financiamento com as melhores taxas seja empresarial ou financiamento de capital de giro para sua pequena empresa e manter o fluxo de caixa positivo e continuar a prosperar.

4 maneiras de manter o fluxo de caixa positivo
Média 4.918 votos

Escreva um comentário