Notícias

Juro de cheque especial abaixou em 2013 ?

Segundo Procon, as taxas médias de juros do empréstimo pessoal e do cheque especial teve uma pequena queda na comparação com ano anterior

Juro de cheque especial abaixou em 2013O juro cobrado em operações de cheque especial abaixou em 2013 segundo informações do Procon. As taxas médias de juros do empréstimo pessoal e do cheque especial apresentaram ligeira queda em 2013 na comparação com as médias do ano anterior.

De acordo com a pesquisa da Fundação Procon-SP, divulgada nesta quarta-feira, 8, no ano passado a taxa média do empréstimo pessoal foi de 5,27% ao mês, um decréscimo de 0,27 ponto porcentual em relação à taxa média de 2012, que era de 5,54% ao mês.

Já no caso do caso do cheque especial, a taxa média em 2013 foi de 8,02% ao mês, queda de 0,57 ponto porcentual na comparação com a média de 2012, que foi de 8,59% ao mês. Segundo a Fundação Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, o comportamento dos juros em 2013 foi praticamente de estabilidade, ao contrário do que ocorreu em 2012.

“Até o mês de julho os movimentos foram parecidos, com altas pouco expressivas, sendo que a partir do mês de outubro o cheque especial apresentou maior tendência de alta, se comparado ao empréstimo pessoal”, avaliou o órgão, em nota.

De acordo com os dados da pesquisa, no caso do empréstimo pessoal 2013 começou com uma taxa média de 5,35% e terminou com 5,30% ao mês.

Já no cheque especial, no início do ano passado a taxa média de juros era de 7,92% e terminou o período com uma taxa de 8,33% ao mês.

O levantamento anual avaliou as taxas de sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander. Segundo a Fundação Procon-SP, o banco que registrou a maior taxa média anual de empréstimo pessoal foi o Bradesco, com 6,22% ao mês. Já a menor taxa média foi cobrada pela Caixa Econômica Federal, de 3,60% ao mês.

No caso do cheque especial, a instituição que apresentou a maior taxa média anual foi o Santander, com 10,09% ao mês. A menor taxa foi, novamente, cobrada pela Caixa Econômica Federal, com 4,32% ao mês.

Fonte: Agencia Estado

Juro de cheque especial abaixou em 2013 ?
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário