Financiamento sem juros e reajustes para compra da casa própria

O projeto se espelha na Lei Rouanet, para criar políticas de incentivos fiscais para possibilitar empresas privadas e do governo no financiamento habitacional sem juros.

Comprar casa própria financiada sem juros. Esse parecer ser o sonho da maioria da população brasileira de baixa. Existe alguma possibilidade de obter crédito para financiamento sem juros se tornar realidade? Por incrível que possa parecer, há um projeto de lei circulando que prevê o financiamento de casas próprias sem juros ou acréscimos.

Conceder financiamento integral do valor do imóvel novo em longo prazo para moradia, sem acréscimos de juros e reajustes das parcelas durante todo o período do plano contratado! Este formato de financiamento tratasse do objetivo traçado no “Projeto de Lei da Casa Própria”, o intuito é ajudar os cidadãos de baixa renda e carente na obtenção de “empréstimo imobiliário habitacional” sem a cobrança de juro.

Quem esta idealizando esse projeto de lei é Carlos Alberto Rotermund, empresário do ramo imobiliário. “A proposta descrita nos textos do projeto visa oferecer financiamentos sem juros para a população das classes D e E, famílias que tenham baixa renda e para aqueles que os bancos privados não querem atender.”

Na verdade não se trata de nenhum milagre da matemática financeira, o sistema seguirá em moldes parecido aos de consórcios, são formados grupos com 1.000 pessoas ou mais que serão contempladas seguindo uma metodologia pré-estabelecida pelos próprio integrantes do grupo. “O valor do financiamento de casa própria sem juros e reajustes podem chegar a R$ 500 mil reais”.Financiamento de casa própria sem juros e reajustesPara liberar o dinheiro para compra da casa, um grande esquema é montado, mas para isso, a regulamentação da operação de angariação do fundo tem que ser feito, ele será chamado de “Fundo Rotativo Solidário da Habitação” (FRSH), com a gestão organizada pelo 3º setor.

A captação dos recursos (dinheiro vivo) seria angariado de empresas privadas e do governo para fazer existir as cartas de crédito sem a cobrança de juros e reajustes anuais.

O projeto se espelha na Lei Rouanet, essa lei cria políticas de incentivos fiscais para possibilitar empresas privadas direcionarem parte do imposto de renda devido em ações culturais. O projeto de Lei da Casa Própria busca que politicas parecidas sejam criadas, porém voltadas para o mercado habitacional.

Ao contrário de outros programas no país e de um projeto parecido existente que já beneficiou cerca de 600 pessoas com aquisição somente de imóveis mais afastados das capitais, nesse projeto o mutuário vai poder escolher em qual região deseja comprar o seu imóvel para morar.

Mas outro detalhe importante, o projeto de Lei da Casa Própria não é assistencialista como todos sabem que é Minha Casa Minha Vida. Nesse a pessoa contemplada terá de arcar com as parcelas do inicio até o final do prazo do financiamento sem juros escolhido.

Vale mencionar que o projeto tem pouco mais de meio milhão de assinaturas, no entanto, para a lei ir para votação no senado é preciso cerca de 1,4 milhão.

6 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !