Skip to content

Quando o financiamento de dinheiro e bens vale a pena

Financiamento de dinheiro e bens tem se tornado cada vez mais fácil de se obter atualmente. Hoje é possível fazer financiamentos para os mais diversos fins e especificidades. É fato que algumas modalidades trazem uma certa satisfação momentânea quando adquiridas, como o financiamento de imóvel, outros sem grande importância, no entanto, todos eles podem atrapalhar o orçamento mais adiante.

Por outro lado, existem também podemos dizer que ter algumas dívidas ajudam a trazer um retorno financeiro no futuro, como é o caso do financiamento de capital de giro, investimentos anjos e de riscos para empresas, além de realização pessoal e profissional como os empréstimo estudantis.

Financiamento de dinheiro e bens ..

Claro que tem os empréstimo para compra de carro todos os anos, comprar roupas e calçados caros, viajar e tirar férias em hotéis luxuosos. Nesses últimos exemplos a brincadeira de financiar dinheiro a juros vai com certeza se transformar em uma tremenda dor de cabeça em pouco tempo, principalmente se não forem bem planejados e executados os pagamentos dentro do acordado com o credor.

“Comprar produtos e serviços financeiros por impulso pode ser altamente prejudicial para a saúde mental e inclusive para o bolso. Muitos tipos de financiamentos de dinheiro trazem uma falsa sensação de bem-estar, mas que, na verdade, ela serão no futuro pedras de tropeço para muitos dos mutuários indisciplinados.”
financiamento de dinheiro e bens vale a pena
Contudo, assim como a espada tem dois cumes, e a moeda dois lados, o crédito também, um exemplo clássico é o financiamento para estudantes ou crédito para aperfeiçoamento profissional, eles podem onerar o orçamento por um período, mas irão render um aumento salarial ou uma melhor renda no futuro. Já o financiamento imobiliário pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH)pode ser a solução para fugir do aluguel, mas, vai gerar uma dívida de pelo menos metade de uma vida.

Aluguel ou Financiamento – qual o melhor opção ?

O curioso é que os juros imobiliários são proporcionais à renda familiar: quanto menor a renda, menor a taxa de juros aplicada. Já falando do aluguel, quem ganha menos geralmente acaba gastando mais dinheiro da renda com esse tipo de despesa. Por isso, alguns consultores de crédito julgam que é muito mais vantajoso trocar o aluguel pelo financiamento com garantia de imóvel ou hipoteca.

Em qualquer dos casos mencionados, os financiamentos podem exigir um planejamento eficaz das contas da casa to mês. No entanto, economistas ressaltam que as dívidas de hoje podem representar uma solução de longo prazo para o futuro na maioria das vezes.

Financiamento de dinheiro – sonho ou realidade ?

Exemplo: investir na carreira traz benefícios e possibilidades de ascensão e aumento salarial, representando uma folga no orçamento no futuro. Já a compra de um imóvel proporciona segurança e tranquilidade. Além da valorização do bem, o problema é o fato das prestações serem decrescentes”, então se houver a falta dos reembolsos, o credor tomar o imóvel.

Mas, sonho é sonho, e para virar realidade é necessário muita disciplina, perseverança e foco por parte do mutuário. “O ideal é que financiamentos de imóvel, de bens e dinheiro não comprometam mais do que 25% do orçamento pessoal ou da família.

Melhorar de vida fazendo um financiamento

O financiamento de dinheiro e bens vale a pena sim, com ele é possível melhorar de vida e planejado corretamente nem precisa passar por apertos financeiros.

Às vezes, fazer o pedido de um empréstimo pessoal com taxas baixas para pagar dívidas atrasadas com juros mais altos também pode ser uma estratégia excelente para colocar a vida financeira em ordem, limpar o nome a acabar com as restrições de crédito – se houver.

Quando o financiamento de dinheiro e bens vale a pena
Média 4.328 votos