Skip to content

Esqueci a senha do cartão, e agora, o que fazer?

O que fazer quando esquecemos a senha do cartão? Infelizmente este é um problema comum e que pode acontecer a qualquer momento. A cada dia a quantidade de informações que recebemos e precisamos guardar parece aumentar, desta forma, é imperativo desenvolver algumas técnicas para driblar o problema.

Esqueci a senha do cartão. O que faço ?

Estar preparado para enfrentar pequenos contratempos como esse pode aumentar sua qualidade de vida. Afinal o estresse e a ansiedade provocada por uma senha perdida pode ser muito incômodo. Por isso, você deve focar sua atenção na solução destes problemas. Pensando nisso, preparamos para você algumas dicas que vão te ajudar a contornar esse problema e ficar livre deste tipo de dor de cabeça. Continue sua leitura e esclareça conosco todas as suas dúvidas. Veja!

O primeiro passo ao perder a senha do cartão de débito ou crédito é solicitar uma segunda via junto ao banco. Cada instituição tem uma forma de resolver esse tipo de problema. É necessário que você verifique quais são os procedimentos a serem adotados.

É interessante que você tenha formas alternativas de pagamento de contas, assim, no caso de perda da senha de algum cartão as suas finanças podem continuar em dia e com o mínimo possível de contratempo.

Formas comuns de recuperação de senha do cartão

Itaucard, Itaú e Bradesco trabalham com o envio de pré-senhas através dos Correios ou da Internet. Estas pré-senhas permitem que se cadastre outra através de caixas eletrônicos. Já o banco Santander trabalha com recadastramento via caixa eletrônico.
Esqueci a senha do cartão, e agora, o que fazer?
A Caixa Econômica Federal usualmente emite uma segunda via do cartão e gera automaticamente uma nova senha para os seus clientes. Os bancos digitais como o Nubank, Digio e Social Bank trabalham com troca de senha por meio de seus respectivos aplicativos. Assim sendo, basta estar conectado a internet e solicitar ajuda.

Como criar uma senha segura?

Misture letras e números

É interessante compor sua senha alternando letras e números, ou ainda letras maiúsculas com letras minúsculas.

Não utilizar datas significativas

Muitas pessoas gostam de utilizar datas importantes, como aniversário dos filhos ou o próprio, data do casamento, entre outros, como senha. Esta prática é perigosa, afinal, datas importantes podem vir a ser a primeira escolha de pessoas mal intencionadas.

Cuidados com a senha do seu cartão

Segue abaixo algumas formas de se evitar o uso indevido de sua nova senha para que você nunca venha a ter problemas desse tipo.

•  Nunca empreste seu cartão. O cartão de débito/crédito é um item intransferível, afinal, é onde você assegura seu dinheiro, suas economias, seu sustento. Portanto, não empreste seu cartão;

•  Nunca anote suas senhas em pedaços de papel ou em notas no celular. Pedaços de papel podem ser perdidos, celulares podem ser extraviados ou desbloqueados por terceiros;

•  Memorize sua senha. A forma mais segura de se guardar senhas é na própria memória, ou seja, em um lugar que não pode ser acessado sem sua permissão direta;

•  Em caso de perda, solicite bloqueio imediato do cartão. Basta ligar para a administradora responsável pelo seu cartão e solicitar o bloqueio por motivo de roubo ou perda.

Perder a senha do cartão, conta bancária, ou até mesmo o login de uma rede social é uma experiência desagradável que pode incorrer em uma série de contratempos. Saber lidar com esses contratempos quando eles aparecem pode ser uma boa maneira de se manter a saúde mental e a tranquilidade.

Gostou das informações que trouxemos neste post? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a ficarem por dentro deste assunto!

Esqueci a senha do cartão, e agora, o que fazer?
Média 519 votos