Empréstimos para maus pagadores e endividados

Aqui no Blog você encontra inúmeros artigos relacionados com crédito, empréstimos para negativados, com restrições e empréstimos sem consultas Spc Serasa..

empréstimo para maus pagadores e endividadosEmpréstimos para maus pagadores e endividados. Nesse blog temos inúmeros artigos relacionados a crédito e empréstimos para negativados, empréstimos com restrições, empréstimos sem consultas ao Spc/Serasa etc., óbvio que nem todas os cidadãos tem acesso a esses tipos de empréstimos, somente alguns nichos podem se beneficiar deles.

O crédito consignado é uma dessas fontes de dinheiro com taxas baixas e facilidades de obtenção. Foi criado especialmente para aumentar o crédito aos particulares de empresas privadas, servidores públicos e aposentados/pensionistas que precisam de dinheiro barato ou para aqueles que não conseguem pagar suas dívidas do cotidiano.

Mas empréstimos maus pagadores ou para endividados existe mesmo? Claro, atualmente temos cada vez mais instituições realizando o empréstimo para devedores. Mas quem é reconhecido como um mau pagador? Todos aqueles que por algum motivo foi parar no Spc/Serasa ou CCF e teve seu nome inscrito em “listas negras”.

A regra é geral, quando uma pessoa é inserida na lista de Órgãos de Proteção como mau pagador, é a prova final de que ele não foi capaz de pagar seus compromissos ou honrar as parcelas de um acordo financeiro qualquer.

E isso acontece em todos os casos de não pagamento, mesmo quando as parcelas dos compromissos deixaram de ser honrados por razões involuntárias como no caso da perda de emprego ou renda. Independente da sua dificuldade, deixar de pagar qualquer tipo de conta de consumo ou operações financeiras, o nome é enquadrado na categoria de maus pagadores.

Uma vez sendo mau pagador e com nome restrito, o cidadão terá dificuldade para conseguir em bancos um novo empréstimo pessoal, financiamento imobiliário e cheque especial etc,. Desta forma, o mau pagador endividado tem duas alternativas possíveis para ter crédito na praça:

1ª – Regularizar a sua situação junto ao banco com o qual tenha contraído débitos e pedir o cancelamento do nome sujo nos órgãos de proteção.

2ª – Fazer um empréstimo consignado: nessa linha de crédito será aplicada uma redução de 30% do salário do proponente para pagar as parcelas do financiamento, em geral os prazos de reembolsado começam com 6/72 parcelas e podem chegar a 99 parcelas (Banco do Brasil).

Vale lembrar que os trabalhadores por conta própria não conseguem obter o empréstimo consignado em nenhuma hipótese, somente empregados registrados de empresas privadas credenciadas, servidores públicos e beneficiários do INSS obtém essa linha de financiamento.

16 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !