Empréstimo no Benefício e no Salário de Funcionário

São poucas as pessoas ativamente econômicas que ainda não pegou um empréstimo ou não usa uma forma qualquer de crédito no cotidiano

Empréstimo! Quem não precisa deles? São poucas as pessoas ativamente econômicas que ainda não pegou um empréstimo pessoal ou não usa uma forma qualquer de crédito no dia a dia. Todo tipo de pessoa pode obter os benefícios do empréstimo pessoal: funcionários de empresas privadas que são em geral assalariados, quem recebe aposentadoria e pensão do governo também pode pegar dinheiro emprestado com custo muito baixo e servidores militares e civis.
Empréstimo no Benefício e no Salário de Funcionário

O empréstimo no benefício e empréstimo no salário é mais conhecido com popularmente como “consignado”, a operação é ideal para funcionários assalariados, aposentados e pensionistas do INSS e para quem trabalha no setor público em geral. A garantia que o credor tem nessa transação de crédito é o desconto conveniente e prático feito automaticamente pelo pagador, todos os meses enquanto durar o contrato de empréstimo.

Para quem serve?

Se você é aposentado e pensionista, tem emprego permanente em empresa privada ou ainda, é funcionário de empresa pública civil ou militar, com certeza tem a facilidade do acesso ao consignado oferecido por mais de sessenta bancos e financeiras no Brasil. A operação de empréstimo no benefício ou no salário é na verdade uma das melhores alternativas de conseguir dinheiro financiado, as parcelas são retidas pelo órgão pagador ou empresa e descontado no salário, aposentadoria ou pensão do contratante.

Prazo do empréstimo

As parcelas são fixas e mensais, ou seja, o valor das parcelas é o mesmo e não mudam do início ao fim do empréstimo, o prazo deste tipo de empréstimo é flexível, os juros também. O mutuário pode contratar desde 6 parcelas até o máximo de 60 parcelas no benefício, com desconto no salário o prazo varia de acordo com o combinado entre a empresa e o credor, já no funcionalismo o prazo começa em 6, 12, 24, 36, 48, 60, 72 e até 84 parcelas. O comprometimento não pode ultrapassar 30%, mas é possível encontrar órgãos públicos que consideram comprometer até 40% com é o caso do MTS.

Também há casos em que até mesmo trabalhadores temporários com tempo determinado em contrato ou funcionário comissionado podem se candidatar ao empréstimo no salário. O pedido do empréstimo é baseado na duração do contrato de trabalho.

Valores Liberados

Em geral o valor liberado nas operação de empréstimo são cerca de 6 a 12 vezes o valor do benefício ou rendimento mensal. No caso de aposentados e pensionistas, o empréstimo deve ser reembolsado integralmente até o octagésimo quinto ano e 6 meses de idade do contratante (85,6 meses), mas também muda de banco para banco, em alguns o prazo pode ser menor, até 79 anos.

A solicitação do empréstimo no benefício ou empréstimo no salário em bancos, financeiras e cooperativas de crédito se tornou muito fácil graças a falta de burocracia na concessão, basta ter aposentadoria que permita o desconto, ser trabalhador em regime de CLT ou funcionário público da área civil ou militar, essas são praticamente as únicas exigências e garantias exigidas pelas instituições credoras.

O empregador privado ou de órgão público faz o pagamento ao credor todos os meses diretamente à instituição, após descontar a quantia da parcela do contratante (mutuário). Desta forma, até mesmo quem tem o nome negativado no SPC ou Serasa que normalmente são excluídos do acesso ao crédito, podem contratar o consignado sem problemas.

Em alguns caso o credor exige condições diferenciadas para a concessão: exige que você obtenha na assinatura do empréstimo de uma apólice de seguro proteção de crédito para proteger o candidato e sua família em caso de perda de emprego ou morte do mutuário e o odiado “pecúlio” durante o período do empréstimo. É possível fazer a liquidação total antecipada.

As melhores taxas

Muitos bancos e instituições financeiras brasileiras oferecem os empréstimos para trabalhadores e para quem recebe aposentadoria e pensão. Entre as melhores ofertas de taxas de juros, no momento, são o Banco do Brasil a Caixa econômica, Bradesco, BV Financeira, Banrisul e Banco BMG. O empréstimo consignado não é necessário especificar a finalidade dos recurso liberados.

24 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !