Empréstimo Pessoal

5 dicas para obter empréstimo barato sem garantia

Um empréstimo barato não garantido é aquele que não precisa oferecer nenhuma garantia para obter o dinheiro emprestado. Saiba mais

O empréstimo barato e pessoal é uma forma de financiar coisas que você quer ou que precisa, ou o que simplesmente não se encaixa no seu orçamento se comprar à vista. Em geral, se uma pessoa não tem condições financeiras ou simplesmente deseja comprar algo sem ter que mergulhar suas reservas e economias, a obtenção de um empréstimo ou financiamento de juros baixos pode ajudar.

Como conseguir empréstimo barato e sem garantia ?

O consignado em folha, o crowdfunding e os empréstimo alternativos são certamente preferíveis aos empréstimos com restrição ou empréstimo com agiotas por causa do custo, mesmo naqueles momentos da vida quando você precisa pedir dinheiro emprestado para despesas emergenciais e inesperadas. Mas obter um empréstimo pessoal sem oferecer garantias pode ser difícil, nem que seja o nome.

Um empréstimo não garantido é aquele que não é apoiado por qualquer garantia, como sua casa ou carro ou penhor. Você pode se qualificar para um empréstimo não garantido nos valores de R$ 300 a R$ 50.000, dependendo da sua classificação de crédito e renda.

Como eles não são garantidos, normalmente custam mais do que os empréstimo com garantias e muitas vezes são mais difíceis de obter. No entanto, existem algumas coisas que você pode fazer para aumentar o seu acesso aos empréstimos pessoais com as melhores taxas disponíveis. Aqui estão as 6 dicas do Portal para obter um empréstimo barato confiável e seguro:
5 dicas para obter empréstimo barato sem garantia

1. Aumente sua pontuação de crédito

Se você tem conhecimento prévio de que você precisará de um empréstimo barato e sem garantia, use o tempo para melhorar sua pontuação de crédito. Você pode fazer isso pagando dívidas antigas e movimentado sua vida financeira de modo sustentável.

Abster-se de ficar devendo compromissos financeiros, insolvência com contas de consumo ou solicitar empréstimos a todo momento. Além disso, verifique os três relatórios do seu histórico de crédito atrás de registros de inadimplência ou erros. Faça com que as agências de crédito corrijam os erros se houver o mais rápido quando poderem.

Uma inscrição do seu CPF incorreta em seu relatório de crédito pode custar-lhe dezenas ou centenas de pontos em sua pontuação de crédito, que é o principal determinante do seu acesso ao crédito, financiamentos e empréstimos baratos e com boas taxas de juros.

2. Emprestar dinheiro de uma cooperativa

As cooperativas de crédito são instituições sem fins lucrativos em que você deve primeiro obter a adesão antes de solicitar um empréstimo consignado ou pessoal. Hoje em dia, é bastante fácil encontrar uma ou mais cooperativas de crédito para ser elegível – muitas vezes, os requisitos são geográficos, relacionados ao trabalho (segmento) ou sua afiliação com algum grupo.

Como são sem fins lucrativos, as cooperativas de crédito geralmente cobram menos pelos empréstimos pessoais não garantidos do que as instituições lucrativas, como os bancos.

3. Fazer empréstimo com um avalista

Se sua classificação de crédito e histórico for muito baixo, você pode se beneficiar de outra pessoa que conhece e confia para ser seu avalista de empréstimo. Para ser eficaz, o co-signatário deve ter uma boa classificação de crédito e uma riqueza ou renda suficiente para reembolsar o empréstimo se você não puder. Leia: 5 razões para não ser avalista e  Qual a documentação para ser avalista.

4. Evite empréstimos com juros altos e termos predatórios

Se possível, evite pegar empréstimos com altas taxas de juros. Por exemplo, alguns credores oferecem empréstimo com juros superiores a 15% porque seu nome está negativado. Outro caso é quando o credor tenta impor penalidades para pagamento antecipado, se você quiser quitar seu empréstimo antes do término. Outros querem cobrar taxas de comissionamento etc.

Alguns bancos querem obrigar você abrir uma conta a partir da qual eles podem receber os pagamentos mensais eletronicamente. Isso não é necessariamente uma coisa ruim, pois pode poupar-lhe algum dinheiro. Contudo, é arbitrário obrigar abrir a conta.

Um credor respeitável divulga, por escrito, todos os custos potenciais associados a um empréstimo pessoal sem garantia no C.E.T. Não assine nenhuma linha pontilhada sem saber todas essas informações.

5. Considere encontrar um empréstimo Peer-to-Peer (P2P)

Os credores P2P, como a Biva e a Nexoos, facilitam empréstimos sem garantia para pessoas que desejam tomar dinheiro emprestado. Os sites e plataformas de P2P funcionam como leilões e podem ajudar você na obtenção da melhor taxa de juro possível.

Você não precisa de uma classificação de crédito boa ou excelente para obter uma baixa taxa de juros baixa em um credor P2P. Se você tiver um bom histórico de crédito muito ruim, será difícil se qualificar para um empréstimo barato com bons juros. No entanto, recomendamos que você nunca opte por um empréstimo com nome sujo a menos que você entenda exatamente quanto isso vai lhe custar.

Nossa missão é trabalhar com você para combiná-lo com as soluções de dívida mais facilmente e disponíveis para seu perfil de mutuário.

Nossos serviço é gratuito para conectá-lo com plataformas, sites, provedores e líderes do setor de empréstimos e financiamentos que podem irão ajudá-lo a alcançar seu objetivo financeiro, seja ele para torná-lo livre de dívidas ou aprender gerenciar com sabedoria sua dívida existente.

5 dicas para obter empréstimo barato sem garantia
Média 544 votos

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário