Empréstimo para Advogados

Vale a pena verificar no seu banco ou nas diversas instituições bancárias da praça qual oferece a melhor taxa e condições para empréstimos para advogados e liberais

Hoje em dia não é muito difícil pedir um empréstimo para advogados ou para profissionais liberais com antigamente. Difícil mesmo é decidir que tipo de empréstimo solicitar, qual modalidade de crédito e qual banco ou instituição financeira. Existem vários tipos de empréstimos para advogados, o ideal é levar em conta o próprio perfil financeiro e profissional, além dos valores e prazos do financiamento.emprestimo para advogadosExistem modalidades de empréstimos pessoais feitos especialmente para estudantes universitários, outros para militares, uns para profissionais da saúde e também para servidores públicos em geral. Cada tipo de profissional tem suas próprias linhas, condições e possibilidades de crédito voltadas para as suas especificidades e necessidades financeiras.

Para os advogados não poderia ser diferente. Uma notícia divulgada no site da Ordem dos Advogados do Brasil de São Paulo (OAB/SP), em 2010, dava conta de um programa do Banco do Brasil para oferecer linhas de empréstimos a sociedades de advogados e autônomos. Este programa é dividido em duas modalidades: o PROJER Profissional Liberal e o PROGER Urbano Empresarial em que os recursos são disponibilizados pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

No estado do Rio de Janeiro, os advogados têm a opção de utilizar uma linha de crédito disponibilizada a partir de uma parceria entre o Banco do Brasil e a Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro (OAB/RJ). É um convênio que visa a facilidade para os advogados inscritos na OAB do estado carioca poderem financiar a casa própria.

A principal vantagem deste convênio, é a isenção da tarifa de análise jurídica que tem o valor de aproximado de R$ 400. Outra vantagem é a aplicação de taxas de juros baixas cobradas pelo Banco do Brasil, nos serviços para pessoa física em operações como o Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

Segundo a OAB/RJ, para o advogado receber o empréstimo pessoal é necessário que ele não esteja inadimplente com a Ordem.

A Caixa Econômica Federal também tem linhas de empréstimo pessoal voltadas ao judiciário que viabilizam a realização e o levantamento de depósitos judiciais.

No cheque especial para advogados a taxa máxima de juros é de 3,99% ao mês, podendo cair para 2,89% se o cliente possuir conta movimentada e perfil de cliente especial. O valor mínimo que pode ser usado no cheque especial é R$ 200 e o máximo é de R$ 200 mil. A Caixa também oferece outros produtos bancários como investimentos, linhas de crédito e previdência privada.

Vale a pena verificar no seu banco ou nos bancos da praça qual oferece a melhor taxa para empréstimo para advogados.

2 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !