Dinheiro

Dívidas de início de ano: como sobreviver a elas?

Confira dicas para sobreviver às dívidas e despesas de início do ano. Conselhos para não entrar em desespero e não se endividar com dívidas

Dívidas, despesas, custos, contas, faturas, boletos e carnês, todo começo de ano é sempre assim, por um lado a alegria do ano inteirinho pela frente cheio de novas oportunidades, e por outro, a dor de cabeça por causa das dívidas que foram feitas no ano anterior: Presentes de Natal, a festa de ano novo, o aluguel da casa na praia e todos os gastos típicos de fim de ano. E como se já não bastasse começar o ano com as dívidas feitas no ano passado, o ano novo também traz contas novas a serem pagas: IPTU, IPVA, material escolar, matrícula dos filhos na escola… Tudo junto!

Mas será que tem jeito de começar o ano sem dívidas? A resposta é sim, mas não adianta deixar para se preocupar com isso só na hora que as contas começarem a chegar e o desespero bater, você precisa se planejar com antecedência. Planejar antecipadamente os gastos que você terá faz toda a diferença no impacto que estas contas terão no seu orçamento.

Você já sabe que o carnê do IPTU chegará, e também que logo irá vencer o IPVA do seu carro. Estas são contas fixas, então você deve ir reservando parte do seu orçamento durante o ano todo para que possa pagá-las sem problemas quando elas chegarem. Normalmente, pagando estas contas à vista você terá descontos no valor total, então essa será sempre a melhor escolha.

Outra dica é que antes de começar a fazer as compras do material escolar dos seus filhos você dê uma olhada no que sobrou do ano passado e reaproveite tudo o que for possível. Mochilas, tênis, réguas, borrachas, tudo o que ainda estiver em boas condições de uso pode e deve ser reaproveitado.
Dívidas de início de ano

É possível sim agradar os filhos sem sair do orçamento, basta educa-los financeiramente desde cedo para que entendam a importância de economizar.

A economia também está muito ligada à pesquisa. Nunca compre na primeira loja! Hoje em dia a pesquisa fica ainda mais fácil com ajuda da internet, portanto, pesquise bastante e procure os melhores preços e condições de pagamento. Compre o máximo que puder à vista, assim você evita o acúmulo de carnês e dívidas no cartão de crédito, mandando pra longe a chance de já começar o ano com o pé esquerdo.

Comece planejando as contas até o final do ano, faça isso usando um caderninho ou uma planilha no computador. Faça uma projeção de todos os rendimentos e todos os gastos que você terá durante o ano, assim fica mais fácil visualizar o quanto você pode gastar e o quanto deverá reservar para pagar as contas que virão.

A economia é um exercício de prática e dedicação, que tem como recompensa uma vida mais tranquila e a possibilidade de conquistar sonhos que antes pareciam impossíveis. Tente, tenho certeza que valerá o esforço!

Verão não combina com despesas e preocupação. Por isso, você tem facilidades exclusivas para pagar o IPTU, IPVA, matrícula e material escolar dos filhos, além de outras despesas de início de ano.

O Bradesco está com um “Crédito Consignado Especial para de Início de Ano“, dinheiro extra para pagar dívidas, despesas e cobrir gastos do início do ano. Para obter o crédito de início de ano, não precisa ser correntista do banco e esta disponíveis para aposentados e pensionistas, trabalhadores de empresas privadas, servidor público e funcionário público do Governo Federal e das Forças Armadas.

Dívidas de início de ano: como sobreviver a elas?
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário