Conecte-se conosco

Dívida caduca ou prescreve como dizem – Mito ou Verdade?

Dívida caduca ou prescreve? Essa dúvida é bem comum e mais ainda, há entendimento errado sobre uma coisa e outra. Ter dívida em si é péssimo e pode ter consequências sérias mesmo após o período de 5 anos de nome inscrito no SPC e Serasa. Vamos entender o que é caducar ou prescrever e como isso funciona na prática.

Dívida caduca: Entenda o que é

A dívida caduca é um termo muito conhecido e associado ao final dos 5 anos do nome sujo na praça. Porém, há alguns pontos que você precisa entender para conhecer melhor o que é e as consequências de não ter negociado e pago uma ou mais dívidas em aberto.

A dívida decai, também chamada de caducada, quando o credor não emite o comunicado para quitação no prazo de cinco anos. Na prática, se você não souber da dívida nesse período estabelecido por lei, a divida deixa de existir e o consumidor não é cobrado por ela, ela realmente passar a inexistir.

E a dívida que prescreve?

Já em relação a dívida que prescreve, pode-se entender da seguinte maneira. O credor consta a inadimplência do consumidor e não faz a cobrança do débito no prazo estipulado. Se ninguém cobrar, após 5 anos, a divida prescreve e o cliente não pode ser cobrado.
Dívida caduca ou prescreve como dizem

E o que é mito ou verdade?

Em relação a dívida prescrita há dois pontos importantes que as pessoas normalmente confundem com mito ou verdade. É verdade que a dívida caduca após de 5 anos na lista de nome sujo do SPC ou Serasa o nome é limpo e a pessoa volta ter acesso ao crédito.

Essa limpeza ocorre automaticamente após esse período. É mito que a dívida não some. Após esse período, a empresa pode sim continuar te cobrando sobre o valor em aberto.

Dívida continua no banco e cartão de crédito

Se sua dívida é com o banco ou no cartão de crédito, saiba que elas continuam e a cobrança também.

Há casos em que instituições financeiras vendem as dívidas para escritórios de cobranças e eles tentam resolver o problema. Porém, dependendo do valor, os custos jurídicos para entrar com qualquer ação ou processo pode ser bem maior, o que não acaba compensando para as instituições.

Acredite. Eles podem e continuarão te cobrando e não tem dívida caduca!

As vantagens da negociação das dívidas

Negociar é muito vantajoso do que deixar a dívida rolar e isso implica em uma série de questões que envolvem o seu presente e futuro. A principal vantagem da negociação é deixar o nome limpo e isso permite que você tenha acesso ao crédito, possa pedir financiamento de carro ou casa, além de conseguir empréstimos.

Além disso, não dá pra deixar de falar que o seu passado pode ou não te condenar. Apesar dos 5 anos após o nome negativado, o seu histórico de compra e não pagamento fica registrado e isso pode te impedir de conseguir crédito, principalmente no credor que não recebeu.

O nome negativado, devidamente registrado no SPC ou Serasa, fica automaticamente limpo após cinco anos, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor.

Dívida caduca ou prescreve como dizem - Mito ou Verdade?

Cumpra os termos da negociação

Mais do que resolver qualquer pendência com credores, é manter a negociação feita. Antes de sair fazendo acordos de dívidas, é ideal tomar alguns cuidados e se organizar bem para não cair numa fria.

A primeira dica é analisar os valores da dívida e os juros que estão sendo colocados em cima. Normalmente, o Procon pode te ajudar na negociação, caso os juros sejam abusivos. Além disso, a maioria dos bancos e instituições possuem sistemas de negociação online de dívida, o que é ótimo e facilita a vida do cliente.

Antes de fazer o acordo, já considerando os dados de pagamento e os valores, incluindo taxas, coloque tudo no papel. Tenha em mãos seu orçamento completo do mês, não queira comprometer mais do que 30% do seu salário. Se fizer as contas e concluir que dá para acertar a dívida, então negocie.

Daqui em diante o segredo é manter o acordo em dia para não causar problemas maiores, como perda da negociação e antecipação de todas as parcelas subsequentes.

Se achar melhor, consulte também um advogado e lembre-se que além de dinheiro, estamos falando em acordo com o banco ou credora e isso envolve o aspecto jurídico também. Então, esqueça essa história de dívida caduca.

Dívida caduca ou prescreve como dizem – Mito ou Verdade?
Média 560 votos

Clique para comentar

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Mais em Acesso ao Crédito

empréstimo até 90 mil
crefisa empréstimo para negativado
Subir