Dicas práticas para sair das dividas e melhorar suas finanças

Você está sempre lutando para manter suas contas em dia, não importa o quanto você trabalha ou ganhe dinheiro não consegue sair das dividas..

Sair das dividas e melhorar as finanças tem se tornado o objetivo de centenas de milhares de pessoas, basta dar uma olhada nos índices de inadimplência divulgados pela imprensa e nos jornais online e televisivos. Mas a pergunta é, você sente que esta sempre tendo problemas financeiros?
sair das dividas

Você está sempre lutando para manter suas contas em dia, mais ou menos, não importa o quanto você trabalha ou ganhe dinheiro, o dinheiro nunca dá? Quanto mais você paga contas mais você tenta sair das dividas? Só mais uma pergunta, quanto dinheiro você tem guardado na poupança ou quanto dinheiro você tem para fazer um investimento de longo prazo? Muitas pessoas tem passado por isso, será que não seria o momento de pensar em ter uma vida mais sólida?

Me diz uma coisa, em quem você esta colocando a culpa? Quais são suas desculpas para não conseguir descansar sua cabeça pensando nas dívidas. Normalmente culpamos os outros, culpamos a sorte, a culpa e da economia, do governo e assim por diante, qualquer coisa para justificar nossos problemas financeiros.

Gozado é que você sabe onde está a raiz do problema, não é mesmo? Chega de delongas, aqui estão as minhas dicas para você se ajudar financeiramente e sair das dividas.

Controle os seus gastos

1 -) Apesar de parecer simples, a maioria da pessoas não o faz, o simples ajuste de custos e despesas vai ajudar você no controle da sua renda, comece gastando menos do que você deveria, elimine despesas que tragam alegria no momento mas desgostos no final do mês.

Faça um orçamento

2 – ) Quando você começa achar que R$ 1.450 paga todas as despesas com moradia, mantimento e custos de locomoção e pessoais, e ainda por cima mais 3 ou 4 cartões de crédito, certamente você vai ter problemas, começa fazendo uma orçamento de quanto você pode pagar, não quanto você quer gastar.

Guardar dinheiro

3 -) Este conselho você vai ler sempre, é simples mais é verdadeiro. Partilhe sua renda, pegue uma parte para os dias mais turbulentos e uma parte para investimento, o restante pague suas despesas mensais. Só use o dinheiro guardado quando for extremamente necessário. O dinheiro ganho com trabalho é seu, não das dívidas, poupe uma parte, 10% + 10%.

Não minta para seu Eu

4 -) Parece ironia, mas nós temos um grande defeito, mentimos para nós mesmo sobre a nossa situação financeira. Se esquivar da realidade é uma forma de proteção mal sucedida, o ideal é enfrentar as dívidas quando ela surgir, as faturas estão ai, os valores não mentem, o dia de pagamento não muda, então porque ficar se enganando, pague suas contas para sair das dividas.

Cortar Cartões de Crédito

5 -) Os cartões de crédito são excelentes para quem quer gerenciar suas finanças pessoais, por outro lado, se os seus cartões de crédito estão causando preocupações e juros predatórios por causa de pagamentos em atraso, então é melhor cortar, bloquear ou qualquer ação que iniba seu uso.

Aumentar sua renda

6 -) O comodismo é um mal que atinge uma quantidade enorme de pessoas, se já está trabalhando para melhorar seu controle financeiro, o ideal é encontrar outra maneira de aumentar sua renda mensal. Faça transações com negócios online ou que envolva com algum tipo de renda extra, procure por negócios que envolvam pouco investimento para começar.

Vale dizer que não importa quantos conselhos ou dicas esteja lendo ou falem para você, se as dicas não for colocadas em prática, você perdeu o seu tempo lendo esse artigo. Você pode começar a mudança de hábitos, faça as contas para você ver quanto você economizaria simplesmente deixando de tomar uma xícara de café na Fran’s Café, centenas de reais.

Coloque tudo em prática para sair das dividas e você verá que sua situação financeira pessoal vai melhorar progressivamente.

Comente aqui !