Dicas do Portal do Servidor para o Consignado

O Portal do Servidor, forma inovadora de relacionamento do Governo Federal, Estaduais e Municipais com o Servidores Públicos e Empregados

Portal do Servidor? O que é o Portal do Servidor? O Portal é uma forma inovadora de relacionamento do Governo Federal, Governos Estaduais e Governos Municipais, com essas páginas online o funcionalismo público disponibiliza um conjunto de ferramentas, instruções, informações e serviços, no intuito de agilizar o atendimento ao Servidor Público.

Através do Portal do Servidor os funcionários públicos ativos, aposentados e pensionistas têm acesso personalizado sobre suas informações relacionadas aos contracheque, informações financeira, situação cadastral, histórico funcional, informe sobre seus rendimentos, detalhamento para imposto de renda (IRPF) e legislação relativa a pessoal.

O Servidor Público utiliza o Portal também para realizar operação financeiras acessando o Sistema de Consignação do Órgão, através de senha o funcionário pode consultar o contracheque online. A senha para acesso ao Portal do Servidor não deve ser fornecida para terceiros por nenhuma justificativa.

Pelo Portal, o servidor também tem acesso a informações sobre seus empréstimos consignados, e por falar em empréstimos consignados, muitos dos funcionários públicos podem solicitar essa modalidade de crédito. Os Servidores Públicos, Empregados públicos, Aposentados e Pensionistas do poder executivo podem ter em suas folhas de pagamentos valores descontados a título de empréstimo em consignação na folha. Em alguns Governos e Prefeituras os Funcionários contratados, Servidores temporários e Servidores comissionados, também podem solicitar a consignação de empréstimos.

consignado no portal do servidor

Quem pode ou não pode “fazer o empréstimo consignado na folha” fica a critério do órgão consignatário e das instituições financeiras, normalmente o empréstimo está vinculado com o provável período de compromisso da contratação.

O Servidor Público também pode fazer a transferência de empréstimo formalizado e em andamento com juros mais caros para outra instituição financeira que ofereça no momento, juros mais barato ou da preferência.

Para migrar o empréstimo consignado de um banco para outro, basta procurar o banco que o servidor deseja transferir o contrato e solicitar a portabilidade de empréstimo ou a compra da dívida do contrato. A nova instituição deverá concluir o restante do processo junto a instituição do empréstimo original. Todas as etapas da operação de “transferência de empréstimo” dura em média 15 a 20 dias úteis.

No Brasil toda consignação de empréstimo no contracheque é facilitada, as taxas de juros são baixas e a concessão não tem burocracia, o credor não faz a consulta ao SPC ou Serasa. Com a possibilidade de conseguir dinheiro fácil, o Servidor Público precisa ser cauteloso. Os bancos e financeiras assediam o tempo todo os Servidores Públicos, sem falar nos correspondentes credenciados.

A “margem consignável do empréstimo consignado” para Servidor Público não pode ultrapassar os 30% da remuneração líquida recebida mensalmente, essa porcentagem representa o valor máximo que o servidor pode assumir com descontos de operações financeiras (empréstimo consignado).

O empréstimo consignado é oferecido pela Internet, por telefone, pela televisão, nas ruas e por todo lugar que a gente anda, o Servidor deve evitar atravessadores ou intermediários na concessão do crédito. De preferência ao empréstimo consignado contratado formalmente nas lojas de financeiras ou agências de bancos.

Antes de sair a procura de instituições para emprestar dinheiro, acesse o Portal do Servidor para saber quais são os bancos autorizados a fornecer empréstimos consignados para você, pesquise qual deles tem a taxa mais baixas e as melhores condições.

Comente aqui !