Informações Úteis

Como declarar empréstimo no IRPF 2017/2018

Qual razão tenho que declarar empréstimo no IRPF? Quanto tenho que fazer a declaração do empréstimo no IRPF? Qual situação não precisa declarar empréstimos.

Muitos têm dúvidas sobre como declarar empréstimo no IRPF, na verdade muitas pessoas nem sabem da necessidade de citar os valores na Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física. A menção de tais recursos é obrigatória, mas existe um modo correto de descrever os valores. Lembre-se: caso você tenha pego empréstimo pessoal no ano passado, esse ano vai ter de mencionar o montante emprestado.

Primeiro temos que entender que todo e qualquer empréstimo acima de R$ 5 mil tem que ser relacionado na declaração anual. Existe um espaço próprio para essa ação. Trata-se do campo “Dívidas e Ônus Reais”.

Declaração de empréstimos no Imposto de Renda

Além da informação do valor, deve ser colocada a natureza do dinheiro, junto com os dados do credor, como nome e número de CPF ou CNPJ. A forma de pagamento do empréstimo vai ter de ser preenchida na declaração. O saldo da dívida também não pode ser esquecido pelo declarante. Aliás, esta última informação vai no campo “Situação”.

Se o empréstimo pessoal ou financiamento obtido serviu para aquisição de algum bem, como um carro ou um imóvel por exemplo, o item comprado vai ser colocado no campo “Bens e Direitos”. Um detalhe importante, que não pode ser deixado de lado de forma alguma, é que, no caso de empréstimo entre pessoas (entre particulares como amigos, parentes e familiares), se houver acréscimo de juros sobre o dinheiro emprestado deverá ser declarado, esta menção é obrigatória.
como declarar empréstimo no irpf

“Os campos são servem para pessoas que pedem empréstimos junto a instituições financeiras que devem ser lembrados na declaração do Imposto de Renda com o que um pai que empresta a um filho qualquer valor que ultrapasse os R$ 5 mil, essa informação precisa constar na declaração”. É bem básico, os dados de quem repassou o montante, independente da ligação que tiver com aquele que pegou o dinheiro. Veja também: como declarar empréstimos no Imposto de Renda e Débitos

Quando não declarar empréstimo no IRPF ?

Mas, há uma outra situação que não precisa declarar os empréstimos. Se ocorrer que uma pessoa pegar um empréstimo pessoal e quitá-lo no mesmo ano, o declarante estará livre da necessidade de mencionar o valor na declaração do IRPF.

Qual a razão de ter que declarar empréstimo no IRPF? Bom, a razão de ter de mencionar as operações financeiras é fazer com que não haja discrepâncias em relação ao aumento de bens do declarante.

Fazer a declaração de empréstimo para a Receita Federal

Por fim, reconheçamos que o trabalho de preencher não é dos mais complicados, são poucos campos. Ao preencher os campos tome cuidado para não cometer qualquer erro quando enviar a declaração para a Receita Federal, senão você vai ter que dar algumas explicações. Isso sem contar que a não declaração de empréstimos pode contribuir para que o contribuinte caia na malha fina.

Então, tenha muita atenção ao fazer sua declaração do IRPF, e não se esqueça de colocar todas as informações relacionadas aos empréstimo que você tomou em bancos, financeiras e empresas de crédito.

Como declarar empréstimo no IRPF 2017/2018
Média 556 votos

20 Comentários

  1. Ilia Freitas Alncar Responda

    Fiz um empréstimo de 100.000,00. Recebi líquido 95.000,00.
    Lanço na dívida qual vR?

  2. Eliezer Cunha Responda

    Fiz um empréstimo para a compra de um veículo em 2014 e declarei esse empréstimo em 2015. Agora em 2016 preciso informar novamente o empréstimo realizado em 2014 ?
    Obrigado.

  3. ANTONIO REIS BARROS Responda

    Pergunta:
    Boa noite! fiz um empréstimo de R$100.000,00 em um plano de previdência que tenho da empresa, fiz em Outubro 2015 para dar entrada em um imóvel, e fiz em 36 vezes, iniciei o pagamento das parcelas em Novembro. Como devo declara e qual o campo?

  4. nair malheiro Responda

    a minha prima foi avalista junto a cef para compra de um imovel, ela avalizou 100.000,00, valor de entrada, valor do imovel 284 mil e a cef financiou o restante 184 mil,quais campos disponibilizaram para este valores?

  5. oi, fiz um empréstimo em 2015 de 8.000,00. Mas quitei no mesmo ano. Preciso informar na minha declaração de IR?

  6. Mauricio Arruda Lara Responda

    Boa tarde,

    Meu sogro é aposentado e recebe seus vencimentos através dos pagamentos efetuados pela Previdência Social. No ano de 2015 ele adquiriu um empréstimo consignado para ajudar a filha na aquisição de um imóvel. No mesmo ano (2015) fez a quitação deste empréstimo e adquiriu outro que permanece vigente, ou seja, ainda não foi feita a quitação.

    Gostaria de saber se é obrigatório declarar este empréstimo vigente em sua declaração na Ficha “Dívidas e Ônus Reais” sob o Código 11, ou em qualquer outra ficha? Novamente informo que ele é aposentado e o desconto decorrente do empréstimo consignado é feito em seus vencimentos pagos pela Previdência.

    Muito Obrigado.

    Mauricio Arruda Lara – São Paulo – SP.

  7. fiz uma dívida com amigo em 2014 e quitei em 2015. Posso excluir da declaração 2015/2016? ou terei que informá-la em 2016 novamente e informar saldo zero na situação?

  8. Leonardo Lima Responda

    Fiz um empréstimo de R$30.000,00 no meu nome para meu pai comprar um carro no nome dele e todo mês é descontado o valor das parcelas no meu contracheque e ele me dá o dinheiro todo mês. Eu tenho que declarar? Como?

  9. Ademir Peterlini Responda

    Pergunta:

    Minha mãe vendeu o apto (único) em que morava por R$ 300.000,00. Como ela é bem idosa (94 anos) e só tinha caderneta de poupança, transferi o dinheiro pra minha conta pra fazer uma aplicação melhor que a poupança…

    Como declaro este valor que está em meu nome, sendo que minha mãe nunca fez declaração de IR. O comprador, vai declarar que comprou e apontar o CPF dela..

    Se declarar o valor como empréstimo, preciso fazer a declaração dela? Ou é melhor colocá-la como minha dependente?

    Grato pela resposta

  10. Fernando Soares Responda

    Boa tarde.

    Excelente artigo. O mais proximo que encontrei na internet contendo minha dúvida. Mas gostaria de fazer uma pergunta mais específica.
    Faço investimentos na bolsa de valores e tenho um rendimento médio de 15% a.m. e tenho chamado alguns amigos para fazer os investimentos comigo, porém gostaria de saber se conseguiria, do ponto de vista do IR, declarar esse dinheiro como emprestimo e o retorno que eles tem na bolsa seria uma forma de juros pelo emprestimo.
    Como parte do lucro seria meu, eu “pagaria” algo em torno de 10% ao mês pra eles.
    É possível fazer dessa forma?

    Desde já obrigado.

  11. Digite aqui o seu nome Responda

    Bom dia,
    Peguei um emprestimo no banco, tenho que declarar na ficha credito decorrente de imposto o valor total e na ficha dividas e onus o valor do saldo devedor?
    Me ensina como declarar esse valor.
    Obrigada.
    Terezinha

  12. jorge alberto Responda

    emprestei 200 mil a uma amigo. Como faço constar em minha declaração e ajustes esse empréstimo.
    Diminuindo do saldo que tinha antes do empréstimo? Além de informar os dados do recebedor do empréstimo? Tudo isso em Bens e Direitos?

  13. Aristides de Araujo Fernandes Responda

    Onde declarar o dinheiro devolvido do empréstimo?

  14. Boa noite, Carla. O saldo da divida no campo “situação” deve ser o mesmo informado pelo banco no comprovante de rendimentos, ou deve ser o valor total das parcelas restantes, com juros?

  15. Flavio Rugolo Responda

    Boa noite,muito esclarecedor ,mas até que dia devo declarar o imposto de renda?

    att

    • Olá Flavio,

      Você poderá fazer a sua declaração de imposto de renda até o último dia de Abril 30/04 até as 23:59 minutos.

      At.
      Carla K.

  16. tenho 1 empréstimo no banco de 3 mil reais, e um empréstimo do meu pai para mim de 5 mil reais, eu declarei apenas os 5 mil nas dividas e ônus reais ,esta certo ou devo declarar quando o valor total de todos empréstimos ultrapasse os 5 mil ?

  17. Pergunta: Emprestei 200 mil reais a uma pessoa que faz operacoes na Bolsa pela corretora XP, atraves de operacoes de Day Trade. Ele me paga 4% liquidos sobre o principal, mensalmente. Como devo declarar essas operacoes, se e que devo ?

    • Agostinho,

      Tudo bem? O empréstimo foi feito legalmente e informado ao IPRF/IRPJ? Esse rendimento é declarado pelo tomador/informado, é dado recibo? Esse formato de negócio é informal – quem é que sabe? Se ninguém sabe… você é quem decide. Agora tem um detalhe, se o tomador não informa e você informar o leão, vai dar um problema enorme.

      At.
      Carla K.

Escreva um comentário