Seu Dinheiro

Crédiario ou Crediários

O problema da modalidade de crediário é suas facilidades e quanto o consumidor se empolga acabando se perdendo nas contas

O que é crediário no Brasil? Você encontra disponível na instituições o crediário automático, o crediário fácil, o crediário flexível e até crediário online e muitos outros, é só escolher. Foi-se o tempo em que quando alguém precisasse (ou desejasse) comprar desde um vestido novo até um celular de última geração e não possuísse todo o valor do produto em mãos, teria que desistir da aquisição. Nos dias de hoje é diferente, as lojas não medem esforços para facilitar as compras de seus clientes. Existem lojas que aceitam pagamentos via cartão de débito e crédito, parcelamentos, carnê e crediário.

Deu para perceber que há sempre uma forma de pagamento para fazer com que o consumidor compre. Não tem dinheiro em mãos? Podemos parcelar ou financiar. É só usar o cartão. Não possui cartão de crédito? Dá para fazer a compra parcelada pelo crediário direto com boleto. Ainda não possui cadastro de crédito? Fácil, para abrir o cadastro para fazer o crediário de um cliente, geralmente é exigido apenas os documentos básicos como RG, CPF, comprovante de renda, comprovante de residência, holerite e referências bancárias, pronto!

Por mais tentador e fácil que seja comprar um produto no sentido de adquirir, nos dias de hoje, pagar por ele é outra história, em muitos casos acaba ficando para outro dia. Toda essa facilidade é uma grande armadilha para pessoas ruim de matemática, muito consumistas e compradores compulsivos.
crediário ou crediáriosO grande perigo de qualquer compra parcelada no crediário é o risco de endividamento. Isso acontece principalmente quando a compra não é planejada. E, planejamento é a palavra-chave para evitar dívidas em qualquer tipo de operação financeira. O consumidor responsável deve analisar a quantia que pode pagar no melhor prazo para o seu orçamento não estoure.

A escolha do valor da parcela é fundamental. O que é melhor? Optar pela maior quantia com os menores prazos ou a menor parcela com prazos maiores? Decida de acordo com seu orçamento. A quitação da compra na minha opinião deve ser feita de maneira mais rápida, com isso o comprador consegue se livrar da dívida o quanto antes. Outro problema é a armadilha da ilusão de pagar pequenos valores por mês, esse ato pode acarretar juros mais altos e manter o consumidor atrelado à compra por um período muito mais longo.

Suponhamos que o consumidor em questão já esteja endividado. Não é aconselhável deixar a dívida se acumular, ou que a mesma não seja paga, caso contrário o nome do cliente vai direto para a lista do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) ou Serasa Experian.

Se a armadilha do crediário fácil te pegou, seja prático, percebeu que vai ficar inadimplente tente renegociar a quantia e quitar as suas pendências de algum modo. Se não conseguir diretamente com a empresa, pode até acionar a Justiça.

O que é crediário?

O crediário nada mais é do que uma forma de agilizar as compras em parcelamentos para clientes. O grande problema desta modalidade e das facilidades concedidas é quanto empolga o consumidor que acaba perdendo o controle das suas contas. É um produto atrativo, por vezes é muito útil com suas facilidades de pagamento, mas deve ser aliado a responsabilidade na hora das compras. Seja cauteloso e não caia na facilidade oferecidas do crediário.

Crédiario ou Crediários
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário