Consignado do Servidor RJ

Confira a lista dos 31 agentes consignatários suspensos no Rio de Janeiro que ofereciam consignados mas dificultavam acesso aos saldos devedores e boletos de quitação

Governo do Rio de Janeiro – O Estado do Rio de Janeiro suspendeu 31 bancos que operam consignado dos servidores que procuram empréstimo consignados em folha de pagamento com condições diferenciadas. O anúncio partiu do próprio Governo do estado, o fato é que a suspensão de uma boa parte dos 31 bancos e financeiras credenciados pelo Estado do RJ é podiam concediam o empréstimo consignado ao servidores estaduais foi acertada.Consignado do Servidor RJA medida foi tomada para corrigir uma distorções que estava tomando conta das operações e prejudicando os servidores, com a intervenção do Estado, as instituições não podem por tempo indeterminado renegociar novos empréstimos, refinanciar ou transações como a compra de dívidas de outras instituições.

Quem já possui empréstimo em andamento não será prejudicado com  intervenção dos bancos, os descontos dos empréstimos em consignação continuam sendo descontados normalmente.

De acordo com a Secretaria estadual de Planejamento, a medida se deu como forma de punição motivado pelo descumprimento dos consignatários que não estavam respeitando os prazo obrigatório para informar o saldo devedor aos servidores que queriam quitar seus empréstimos ou quitar os empréstimo nas operações de recompra de dívidas.

Não é de hoje que esse tipo de manobra acontece para prejudicar operações como a quitação, antecipação ou compra de dívidas, em geral as instituições usam de mecanismos para demorar ou prolongar a liberação do saldo devedor ou boleto de quitação ao servidor, quando liberam o boleto chega em cima da hora faltando um ou dois dias para quitar.

Com essa manobra quem deseja levar seu empréstimo consignado para outra instituição com juros mais baixos fica muitas das vezes impedido de realizar a operação que direito de todo ou qualquer cidadão.

Entre os 31 consignatários suspensos a grande maioria são os que mais emprestam dinheiro aos servidores do Rio de Janeiro, confira a lista: banco Alfa, banco Arbi, ASB, Bancred, Banco do Brasil, Bic Banco, BMG, BGN, Bonsucesso, BV Financeiro, BVA, CAPEMISA CEF, CR 2, Daycoval, Fibra, Industrial, Intermedium, Itaú Unibanco, Lecca Financeira, Máxima, Morada, banco PAN, Paraná banco, banco Paulista, Pine, Santander, Semear Sofisa, Sul Financeira e Cruzeiro do Sul (em intervenção).

Parece que o Estado do Rio de Janeiro quer fazer com que o empréstimo consignado seja feito com mais lisura e proibir que seus funcionários e servidores não sejam desrespeitados e destratados. Vale lembrar que esse tipo de procedimento feito pelos bancos é rotina comum na maioria dos estados e municípios por todo o país.

20 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !