Financiamentos

Financiamento bancário – o que é e como funciona?

Descubra mais sobre o financiamento bancário, como se faz, os prazos, taxas de juros, onde contratar, quais as vantagens e se vale a pena. Confira!

Quer saber mais sobre o financiamento bancário? Como é feito e quais as vantagens de fazer? Após o fortalecimento da econômica brasileira há alguns anos atrás, os bancos começaram a liberar o financiamento bancário. Neste sentido, os bancos passaram oferecer diversos tipos de financiamento para atender a todos os públicos. Sendo assim, o financiamento bancário é quando a pessoa física ou jurídica recebe um determinado valor do banco. Este valor pode ser para comprar um imóvel ou até mesmo um carro. No financiamento bancário haverá um contrato entre o cliente e a instituição financeira.

O financiamento bancário pode ajudar clientes de bancos conseguirem colocar em prática o desejo de comprar uma casa própria, um carro novo, abrir um negócio, ou até mesmo aquela tão sonhada viagem de férias. Hoje se tornou mais fácil conseguir um financiamento bancário, se comparado há 20 anos.

Mas para conseguir o financiamento bancário são necessárias algumas comprovações, como apresentação de documentos e comprovação de renda, para que assim o valor seja liberado. Após a negociação, ambos entram em acordo sobre as formas de pagamento, e o cliente fica ciente e esclarecido sobre as taxas de juros que irá pagar.

Como funciona o financiamento bancário?

No momento em que for solicitar o financiamento bancário, você deve informar ao banco qual a finalidade deste financiamento. O banco vai em busca de informações para saber se você tem garantia suficientes para cobrir o valor do crédito e se podem ser convertidas em recursos facilmente. Do contrário, ele pode não liberar o financiamento para você.

É necessário apresentar documentos válidos como CPF, comprovação de renda, e até nisso os bancos têm admitido toda e qualquer fonte de renda. A renda ainda pode ser comprovada através de contrato de trabalho, benefícios previdenciários, ou até mesmo outros tipos de rendimentos. Em caso de ter alguma restrição financeira (ex: nome no Serasa), este pode ser um grande obstáculo à concessão do financiamento. Mas isso pode depender muito do Banco, por isso é bom ir negociar pessoalmente.

Quando um cidadão compra um imóvel, veículo ou materiais ele pode financiar toda ou parte do valor. Os financiamentos são realizados por bancos e financeiras, que pagam ao vendedor a quantia que quem compra quer financiar. A partir daí, o comprador terá que pagar ao banco até quitar a dívida.

Financiamento bancário - o que é e como funciona?
Financiamento bancário – o que é e como funciona?

Dependendo do tipo do financiamento bancário, o banco pode levar alguns dias para fazer análise dos documentos apresentados. Mas em muitos casos se o cliente possui a renda suficiente para garantir o financiamento e não possui restrição financeira em seu nome, não há motivo justo para o banco negar o financiamento pretendido. Normalmente até no mesmo dia o banco dá a resposta de confirmação do financiamento bancário. Mas dependendo do tipo de situação e das regras do banco ele pode acabar impedindo a liberação do financiamento bancário.

Simulador Financiamento

 

Passos para fazer um financiamento bancário

Normalmente são necessários os seguintes passos para conseguir um financiamento bancário:

● Escolher um banco de sua preferência;

● Verificar a documentação necessária para o financiamento bancário e providenciá-la. Isso pode variar muito de banco para banco;

● Aguardar a aprovação do limite de crédito pela instituição financeira;

● Providenciar a documentação quando necessário e após realizar a assinatura do Contrato de Financiamento;

● Aguardar aprovação e emissão do Contrato pelo banco. Após a assinatura do Contrato, o cliente deverá recolher o Imposto de Transmissão (ISTI) e registrar o contrato no Cartório de Registro de Imóveis;

● Após o Registro, o cliente deverá entrar em contato com a Instituição Financeira e aguardar a liberação do recurso junto a Incorporadora;

● A partir da liberação do recurso pelo agente financeiro, deverá ser confirmado com a Incorporadora se o valor liberado quita todo o saldo devedor da unidade, e caso haja diferença de valores, esta deverá ser quitada pelo cliente.

E  vale a pena o financiamento bancário?

É importante você saber quanto precisa de valor para o que deseja, e então saber administrar bem estes recursos financeiros. Até porque dependendo da forma de contrato, este valor será devolvido e com juros. Então é necessária muita organização, para que o financiamento bancário não se torne em longo prazo uma dívida que você não consegue pagar e administrar. Os financiamentos em geral devem ser uma escolha que você faz somente porque irá ajudar a melhorar a sua situação financeira e não piorá-la.

Então antes de solicitar qualquer tipo de financiamento seja bancário ou particular, verifique se realmente é necessário, ou se você pode aguardar mais um pouco, ou ainda melhor, juntar mais dinheiro para comprar, negociar, sem depender de financiamento de bancos ou financeiras.

 

Financiamento bancário – o que é e como funciona?
Avalie esta postagem

Account Manager, Consultora e Blogueira - Trabalhou com produtos e serviços de crédito no segmento financeiro. Atualmente é produtora de conteúdo e escreve sobre linhas de crédito, financiamentos e finanças.

Escreva um comentário