Conecte-se conosco

Amortização de Empréstimo Pessoal : Como funciona?

Amortização de Empréstimo Pessoal : Como funciona?

A amortização de empréstimo pessoal é um processo fácil de entender, confira como amortizar seus empréstimos e financiamentos

amortização de empréstimos
Amortização de empréstimo pessoal
não é nenhum bicho de 18 cabeças, ela ocorre quando um mutuário de empréstimo ou outro produto financeiro emprestou dinheiro à juros e começa a pagar de volta ao credor (reembolsar) ao longo de um período de tempo determinado no termo do contrato. A cada parcela paga, o montante ou saldo devedor do empréstimo pessoal fica menor, esse processo é conhecido como Amortização. “Amortização é um processo de extinção de uma dívida através de pagamentos periódicos”.

“Na amortização cada parcela paga corresponde à soma do reembolso do capital ou do pagamento dos juros do saldo devedor, podendo ser o reembolso de ambos, sendo que os juros são sempre calculados sobre o saldo devedor”, segundo a Wikipedia.org

Quando um cidadão(ã) passa por necessidades financeiras e precisa de dinheiro imediato, a pessoa tem duas saídas: deixa a coisa degringolar ou toma um empréstimo pessoal, o mais certo nesse caso é “contratar um empréstimo”.

Todos reclamam dos empréstimos, falam mal dos empréstimos e alguns dizem até que por causa dos empréstimos a vida financeira delas foi pro buraco, será! A culpa foi do empréstimo ou da vida financeira descontrolada, desregrada e irresponsável da pessoa.

O empréstimo pessoal quando contraído de forma consciente (crédito consciente), não tenho dúvidas que são benéficos e, em muitas situações são verdadeiros salvadores da pátria, desde que necessários, claro. No Brasil e no Mundo existem credores e devedores, os credores são as Instituições Financeiras e os Bancos, para você conseguir colocar o dinheiro do empréstimo na sua conta ou no seu bolso, o credor tem que ter uma recompensa (vantagem financeira), pelo risco que ele esta tendo ao te emprestar dinheiro, é por isso que você paga os juros acrescentados ao valor original do empréstimo.

Acho que ficou claro como funciona a amortização de empréstimo, certo! Mas para não ficar nenhuma sombra de dúvidas de como a amortização de empréstimo pessoal funciona, vamos as características: dependendo da modalidade de empréstimo a amortização muda um pouco, em geral fica assim:

1 -) o principal, é o valor inicial solicitado como empréstimo pela pessoa, e que vai ser pago em parcelas juntamente com os juros;

2 -) os juros, é a taxa que foi determinada na hora da contratação do empréstimo;

3 -) o prazo, cada empréstimo tem um período definido para início e término, no Brasil os empréstimos podem ser solicitados entre 1 parcela (10/20 ou 30 dias) à 420 parcelas (35 anos) que chamamos de prazo, é o tempo que o mutuário terá que pagar o credor, salvo quando o mutuário liquida o empréstimo a qualquer tempo.

A matemática da amortização de empréstimo pessoal não é uma matéria fácil, para facilitar o entendimento na internet é possível encontrar diversas calculadoras de amortização de empréstimo para ajudá-los, nelas ao introduzir o valor do principal, a taxa de juros, bem como a duração do empréstimo, os mutuários poderão saber quanto ficarão seus pagamentos mensais.

Amortização de Empréstimo Pessoal : Como funciona?
Média 512 votos

Continue Lendo
Patrocinadores
3 Comentários

3 Comments

  1. Bruno

    03/05/2017 at 18:18

    Contratei um consignado a uma taxa mensal de 2,04% a.m, em 36 parcelas.
    Vou quitar parte do meu saldo devedor ( 20 parcelas já foram pagas, anteciparei 16 parcelas).

    Minha dúvida é com relação a descapitalização dos juros dessas 16 parcelas antecipadas:
    Se eu resolver querer pagar o saldo devedor em 10 parcelas em vez de 16, caracteriza nova operação de crédito? Ou continuarei a pagar a taxa de 2,04 ? Se eu não mexer no nº de prestação, a parcela obviamente será menor, e continuarei pagando 2,04, correto?

  2. Antonio Carlos

    10/01/2017 at 13:22

    Sim. Sistema Price de Amortização, também conhecido como Sistema Frances de .Amortização

  3. michel

    21/12/2015 at 9:42

    bom dia,

    para um emprestimo consignado com parcelas fixas, eu gostaria saber se existe uma lei que define a parte maxima dos juros numa parcela….exemplo por parcelas de 600 reais….parcela 1: capital 5,00 …. juros 595,00 reias…..isso me parece exagerado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Seu Dinheiro

Cartão de crédito sem consulta restrição ou nome sujo
empréstimo até 90 mil
crefisa empréstimo para negativado
Subir