Ainda não conseguiu limpar o nome do SPC e Serasa

O número de brasileiros que estão conseguindo renegociar suas dívidas para limpar o nome do cadastro de inadimplentes aumentou

Conseguir limpar o nome, esse é o objetivo de milhares de brasileiros com o nome sujo no SPC e na Serasa. Todas sabem que ao deixar de honrar seus compromissos financeiros, o credor coloca o nome do cliente devedor no cadastro de inadimplentes nos órgãos de proteção ao crédito.

A quantidade de pessoa com restrição no nome atualmente é altíssima, porém uma dado novo está fazendo a diferença no Brasil, o número de brasileiros que estão conseguindo renegociar as dívidas e retirar seu nome do cadastro de inadimplentes aumentou cerca de 13,7% em relação ao período mês de janeiro e setembro de 2012 contra os mesmos meses de 2011. De acordo com a Serasa Experian, em 2012 mais de um 15 milhões de consumidores conseguiram renegociar suas dívidas, efetuaram os pagamentos de suas contas em atraso e consequentemente puderam limpar o nome da restrição.

Estar com o nome limpo garante ao cidadão uma série de benefícios, ninguém quer estar com o nome sujo, esse recorde de pessoas limpando o nome é uma excelente notícia para as empresas que percebe uma demanda da população que não quer esperar mais o prazo de três e cinco para caducar a dívida e bom para o consumidores, que endividado não podem usufruir de nenhuma modalidade ou linha de crédito bancária.

conseguir limpar o nome

Auxiliar o cidadão deixar a lista de inadimplentes e ficar com o nome limpo é um dos objetivos do Serasa Experian, inclusive a iniciativa do Feirão Limpa Nome foi um marco para esse record de pessoas limpando o nome

Limpar o nome do Serasa

Confira as dicas para ajudar você na negociação, aproveitar a primeira parcela do 13º salário para reorganizar sua vida financeira.

1 -) Decidiu que quer renegociar com o credor, então relacione todas as dívidas, anote tudo, peque as mais altas primeiro, defina uma proposta de acordo com suas condições. Não utilize dinheiro emprestado com amigos, nem se socorra com empréstimos predatórios (agiotas) com taxas elevadas. Se puder solicitar um empréstimo consignado, as taxas são muito mais baratas.

2 -) Quando for negociar, não esqueça de levar os boletos, faturas, carnês etc., as cartas de cobrança e/ou qualquer documento relacionado com a dívida e o credor, se tiver alguma carta proposta, melhor ainda na hora da renegociação.

3 -) Analise seu orçamento financeiro para ver se ainda cabe algum comprometimento com pagamento de novas dívidas, pense em um prazos de pagamento e não esqueça de pedir desconto ao credor.

4 -) Na hora de renegociar, seja o mais sincero possível, essa é a melhor opção, somente assim você conseguirá ser avaliado de forma mais justa.

5 -) O credor das suas dívidas vai fazer uma proposta de renegociação, ouça a proposta com atenção, se não estiver ao seu alcance, faça uma contra proposta, questione, peça, sugira outras possibilidades, só não perca o negócio.

6 -) Ao chegar num acordo bom para ambos, conclua a renegociação, leia e assine o que precisar assinar, só não esqueça de pegar uma cópia do acordo e do comprovante do primeiro pagamento da dívida. Pagando a primeira o credor têm até 5 dias para limpar o seu nome.

Vale lembrar que as únicas formas de um devedor regularizar suas dívidas, é fazendo o pagamento dos valores pendentes, procure sempre a empresa credora, você não precisa solicitar ninguém para intermediar a renegociação de suas dívidas, faça isso pessoalmente. Não fique se privando de crédito ao esperar os 3 ou 5 anos para caducar as dívidas.

A renegociação de dívidas mostra que você não é caloteiro, e que as pendências nos pagamentos foram ocasionado por dificuldades financeiras.

2 comentários - Faça um comentário

Comente aqui !